Por Onde Anda? Patrick Wayne, o filho ator de John Wayne


O eterno cowboy John Wayne é um dos maiores astros da história do cinema. Além de uma vasta filmografia, John também deu para o universo cinematográfico o ator Patrick Wayne, seu segundo filho, que apesar de não ter uma carreira tão bem sucedida quando a do pai, teve grandes momentos na telona. Patrick chegou mesmo a ser cotado para ser o Superman em 1978, mas acabou declinando o convite, e o filme acabou estrelado por Christopher Reeve.

John e Patrick Wayne

Patrick Wayne

Patrick John Morrison nasceu em Los Angeles, em 15 de julho de 1939. Ele é o segundo filho do ator John Wayne com sua primeira esposa, Josephine Alicia Saenz.

Usando o sobrenome artístico do pai, Patrick Wayne estreou no cinema aos 11 anos de idade, em Rio Bravo (Idem, 1950). O filme era estrelado por John Wayne, e pai e filho fariam onze filmes juntos ao longo dos anos.

John e Patrick Wayne em Rio Bravo

O diretor John Ford, grande amigo de John Wayne, escalou o menino para diversas outras produções nos anos seguintes, como Depois do Vendaval (The Quiet Man, 1952), O Sol Brilha na Imensidade (The Sun Shines Bright, 1953), A Paixão de Uma Vida (The Long Gray Line, 1955) e Mister Roberts (1955).

Em 1956 Patrick fez seu primeiro filme não dirigido por John Ford, Sangue de Bárbaros (The Conqueror, 1956), que novamente tinha seu pai no elenco. O filme, rodado em um antigo campo de testes nucleares, tem a fama de amaldiçoado, pois todos os membros do elenco e equipe morreram nos anos seguintes, vítimas de câncer. Muitos consideram que a radiação do local teria originado a doença nos artistas. Do elenco original, apenas Patrick Wayne ainda vive. Leia mais sobre isto aqui.

Novamente sob direção de Ford, teve seu primeiro grande papel em Rastros de Ódio (The Searchers, 1956), que lhe rendeu um Globo de Ouro de ator revelação.

Patrick Wayne em Rastros de Ódio

Ao lado de Yvonne Craig, estrelou seu primeiro filme, Ódio Destruidor (The Young Land, 1959). Na época, ele tinha 20 anos de idade, e foi creditado como Pat Wayne.


Sempre muito vinculado a imagem do pai, fez papéis de apoio em produções estreladas por John Wayne, como O Álamo (The Alamo, 1960), Os Comancheros (The Comancheros, 1961), O Aventureiro do Pacífico (Donovan's Reef, 1963), Quando um Homem É Homem (McLintock!, 1963), Crepúsculo de Uma Raça (Cheyenne Autumn, 1954), Os Boinas Verdes (The Green Berets, 1968) e Jake Grandão (Big Jake, 1971).

John e Patrick Wayne em Jake Grandão, último filme que fizeram juntos

Tentando se desvencilhar da imagem de John Wayne, interpretou o filho de James Stewart em Shenandoah (1965), e estrelou um filme da Disney, The Bears and I (1974). Também atuou em produções de baixo orçamento, onde foi protagonista, como A Metralhadora Gatling (The Gatling Gun, 1971), Mustang Selvagem (Mustang Country, 1976) e Criaturas que o Tempo Esqueceu (The People That Time Forgot, 1977).


Em 1977 ele estrelou um de seus trabalhos mais famosos, o filme Sinbad e o Olho de Tigre (Sinbad and the Eye of the Tiger, 1977), onde contracenou com a novata Jane Seymour e com Taryn Power (filha de outro astro do cinema, Tyrone Power). Ao longo dos anos, o filme se tornou um clássico das matinés televisivas.

Patrick Wayne em Sinbad e o Olho de Tigre 

Em 1978 ele foi a primeira opção para interpretar o Homem de Aço em Superman: O Filme (Superman: The Movie, 1978), mas devido ao estágio avançado do câncer de seu pai, recusou o papel, que acabou eternizado por Christopher Reeve.

Com a morte de John Wayne, em 1979, ele retornou a carreira de ator, desta vez atuando na série Shirley, ao lado de Shirley Jones. Mas a produção durou apenas duas temporadas. A partir da década de 80, concentrou seus trabalhos na televisão. Ele apresentou o programa The Monte Carlo Show (1980), e apareceu em diversas séries de TV, como As Panteras (Charlie's Angels), O Barco do Amor (Love Boat) e Ilha da Fantasia (Fantasy Island).

No cinema, ainda apareceria em O Vaqueiro Cantador (Rustlers' Rhapsody, 1985), Os Jovens Pistoleiros (Young Guns, 1988) e Adorável Sedutora (Her Alibi, 1990).

Patrick Wayne em Os Jovens Pistoleiros

Na década de 90 apresentou o game show Tic-Tac-Dough (1990), mas foi se afastando da carreira artística gradativamente, até se aposentar depois de atuar em Fúria Mortal (Deep Cover, 1997).

A partir de então, ele dedicou-se a gerenciar os negócios deixados pelo pai, bem como o seu direito de imagem, além de administrar a John Wayne Cancer Institute, uma organização não governamental que financia a pesquisa e o tratamento contra o câncer.

Patrick Wayne esta casado com Misha Anderson (sua segunda esposa), desde 1999. Atualmente, ele vive em um rancho no Arizona.
Patrick Wayne atualmente

Patrick Wayne e Taryn Power em Sinbad e o Olho de Tigre

Veja também: Mães e Filhas Atrizes


Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube

1 comentário:

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil