Morre a atriz Monique Van Vooren, de Tarzan e a Mulher Diabo, aos 92 anos de idade


A patinadora, atriz, dançarina e cantora belga Monique Van Vooren morreu no dia 28 de janeiro, aos 92 anos de idade.

Ela é mais lembrada pelo papel de Lyra, a "Mulher Diabo". A inescrupulosa caçadora de marfim no filme Tarzan e a Mulher Diabo (Tarzan and She-Devil, 1953), estrelado por Lex Baker.


Nascida em Bruxelas, em 25 de março de 1927, e começou a carreira como patinadora. Após participar de alguns concursos de beleza em seu país, estreou no cinema no italiano Amanhã Será Tarde Demais (Domani è Troppo Tardi, 1950). Tarzan e a Mulher Diabo (Tarzan and She-Devil, 1953) foi seu segundo filme, e o primeiro feito nos Estados Unidos.

Na França, estrelou Massacre Total (A Sarabanda da Morte) (Série Noire, 1955) e atuou ainda em Fúria de Conflitos (Cá Va Barder, 1955).

Henri Vidal e Monique Van Vooren em Massacre Total

De volta a Hollywood, atuou em Dez Mil Alcovas (Ten Thousand Bedrooms, 1957), ao lado de Dean Martin. Também foi uma das coristas em Gigi (Idem, 1958) e atuou em Feliz Aniversário (Happy Anniversary, 1959), estrelado por Mitzi Gaynor.

Monique Van Vooren e Dean Martin em Dez Mil Alcovas

Na década de 60 atuou mais na Broadway e televisão, inclusive interpretando uma das vilãs na série Batman e Robin, em 1968. Ela também gravou alguns discos nas décadas de 50 e 60.

Monique Van Vooren e Burgess Meredith em Batman e Robin


Atuou pouco nos anos seguintes, atuando em filmes como Decameron (Ol Decameron, 1971), de Pier Paolo Pasolini, Meu Corpo em Tuas Mãos (Ash Wednesday, 1973), Carne Para Frankenstein (Flesh for Frankenstein, 1973) e Wall Street: Poder e Cobiça (Wall Street, 1987). Seu último trabalho como atriz foi em Greystone Park (2012).

Monique Van Vooren e Joe Dallesandro, em Carne Para Frankenstein 


Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube

0 comentários:

Publicar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil