Morre a atriz Anna Karina, aos 79 anos de idade


A atriz, cantora, diretora e produtora Anna Karina faleceu no dia 14 de dezembro, aos 79 anos de idade.

Musa de Jean-Luc Godard, Anna Karina nasceu na Dinamarca em 22 de setembro de 1940, com o nome de Hanne Karen Bayer. Aos 18 anos ela mudou-se para Paris, onde começou a trabalhar como modelo para Coco Channel.

Em 1960 ela conheceu Godard, que lhe ofereceu um papel em Acossado (Idem, 1960), mas ela recusou por ter de aparecer nua na obra. No ano seguinte, ela e o diretor se casariam, permanecendo casados até 1967.

Ela estreou no cinema em Agora ou Nunca (Ce Soir ou Jamais, 1961), de Michel Deville. Antes, havia atuado em dois curta-metragens.

Anna Karina se tornaria uma das musas da Nouvelle Vague francesa, sendo dirigida por nomes como Agnès Varda, Roger Vadim, Valerio Zurlini, Luchino Viscontti, Jacques Rivette e Rainer Werner Fassbinder. Em Hollywood, trabalhou com diretores como George Stevens e George Cukor.

Em 1961 ela estrelou Uma Mulher é Uma Mulher (Une Femme est une Femme, 1961), de Godard. O filme lhe rendeu um Urso de Prata de Melhor Atriz no Festival de Berlim.


Anna Karina atuou em mais de 80 filmes, incluindo outros quatro dirigidos por Godard. Em 1969 ela foi para Hollywood, onde fez Justine (Idem, 1969) e A Noite Infiel (Laughter in the Dar, 1969). 

Anna Karina e Dirk Bogarde em Justine

Em 1973 ela fundou sua própria produtora, e estreou na direção com Vivre Ensemble (1973), que foi exibido no Festival de Cannes daquele ano. Ela também dirigiu o longa Victoria (2008), o qual ela também estrelou. Este que  seu último trabalho no cinema.

O jornal New York Times descreveu Karina como "uma das grandes belezas da tela e símbolo duradouro da nova onda francesa". A atriz faleceu em consequência de um câncer.



0 comentários:

Enviar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil