Margaret Kerry, a atriz que inspirou a Sininho (Tinkerbell)


Por muitos anos os estúdios de animação, incluindo o de Walt Disney, utilizaram a técnica de rotoscopia (que consistia em filmar atores reais em ação, e fazer os desenhos com base no material filmado) para fazerem os desenhos animados.

Muitos atores eram contratados para estes trabalhos, e a atriz Margaret Kerry, uma antiga atriz mirim, foi a modelo da fada Sinhinho (Tinkerbell) para o longa As Aventuras de Peter Pan (Idem, 1953).

Há alguns anos, circula na internet que a atriz Marilyn Monroe teria sido a modelo original da Sininho, mas isto não é verdade.

Margaret Kerry

Margaret McCarty nasceu em 11 de maio de 1929, em Los Angeles, Califórnia. Margaret iniciou a carreira de atriz aos quatro anos de idade, em 1935, usando o nome de Peggy Lynch, atuando nas comédias curtas dos Batutinhas (Our Gang, ou Little Rascals).

Peggy Lynch (Margaret Kerry) em Os Batutinhas

Margaret fez duas comédias da trupe de crianças, e em 1938 estreou em seu primeiro longa metragem, As Aventuras de Tom Sawyer (The Adventures of Tom Sawyer, 1938), estrelado por Tommy Kelly.

Depois, a atriz só retornaria ao cinema aos 16 anos de idade, em Você Conhece Susie? (If You Knew Susie, 1948), interpretando a filha adolescente de Eddie Cantor e Joan Davis, dirigida por Gordon Douglas, o homem que treze anos atrás havia a contratado para o elenco de Os Batutinhas. Douglas sugeriu que ela mudasse de nome artístico, para parecer uma estreante nas telas.

Em Você conhece Susie?, Margaret contracenou com o ator mirim Bobby Driscoll, de A Canção do Sul (Song of the South, 1946), e que futuramente seria o modelo para o personagem Peter Pan.

 Margaret Kerry, Joan Davis, Eddie Cantor e Bobby Driscoll em Você Conhece Susie?

Em seguida atou em Um Raio de Liberdade (Canon City, 1948) e The Sickle or the Cross (1949). Ela então deixou a RKO, estúdio onde era contratada, e foi para a FOX, mas não como atriz, e sim como diretora de dança assistente no musical De Corpo e Alma (I'll Get By, 1950), estrelado por June Haver, John Payne, Gloria DeHaven e Dennis Day.

Sem muitos trabalhos no cinema, ela migrou para a televisão, como co-apresentadora do programa Teleteen Reporter, que durou dois anos. Depois, ela foi escalada como a filha de Charlie Ruggles no seriado The Ruggles (1949-1950), um dos primeiros siticoms exibido em rede nacional. O programa fazia sucesso, e o público viu a adolescente crescer em frente às câmeras. O episódio final, onde ela se casava, foi um grande sucesso de audiência.

Com o fim da série, ela ainda fez uma participação na série The Lone Ranger, estrelada por Clayton Moore, em 1950, e afastou-se das telas. Ela terminou os estudos com louvor, e se casou em 1951 com o ator Dick Brown, com quem teve três filhos.

Dick Brown trabalhava como dublador, e informou a esposa que Walt Disney estava procurando modelos para sua nova animação, As Aventuras de Peter Pan (Idem, 1953). Kerry fez teste e foi aprovada para ser a modelo de movimentos para a fada Sininho (Tinkerbell). 

Bobby Driscoll, seu antigo colega nos cinemas era o modelo de Peter Pan (além de dublador do personagem), e Kathryn Beaumon, que havia sido modelo de Alice no País das Maravilhas, fazia Wendy Darling.



 Margaret Kerry posando como Sininho

Margaret tabém posou para o papel de uma das sereias da animação, personagem que ela também dublou. A fada Sininho não tem falas no filme.

 Margaret Kerry, com a harpa, posando como uma das sereais, junto de June Foray e Connie Hilton

Mas trabalhar para Walt Disney não era necessariamente uma boa oportunidade para os atores. Para manter o mistério e encanto dos personagens, os atores usados como dubladores eram obrigados a assinarem contratos de trabalho que os proibiam de aparecer, o que acabava limitando seus projetos futuros e consequentemente, suas carreiras.

Sem poder aparecer, Margaret iniciou uma longa carreira como dubladora e fez algumas poucas participações na televisão. Um de seus trabalhos mais conhecidos como dubladora foi no desenho Os Patetas (The New 3 Stooges, 1965), com o trio Os Três Patetas, onde ela fez diversas personagem femininas.

O desenho animado Os Patetas, que contava com a voz de Margaret Kerry

Muito religiosa e envolvida nas atividades da igreja, anos mais tarde, Margaret Kerry passou a apresentar o programa de rádio What's Up Weekly, na KKLA 99.5 - a estação de rádio cristã mais ouvida do mundo.

 E a partir de 1993, ela tornou-se diretora de serviços comunitários da estação e também liderou a Southern California Buyers Network, um programa que arrecada doações financeiras para instituições de caridade.

Após muitos anos sem atuar no cinema, Margaret Kerry retornou as telas fazendo uma participação especial em Linha Direta (Public Acess, 1993), sua última atuação como atriz.

 
Apesar da idade avançada, a atriz ainda é bastante ativa, e frequentemente dá entrevistas e participa de convenções de fãs de Sininho ou de Os Batutinhas (ela é uma das últimas sobreviventes do elenco). Margaret Kerry também trabalha como oradora, contadora de histórias, instrutora de oratória e palestrante motivacional.



Margaret Kerry atualmente


Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube

0 comentários:

Enviar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil