Por onde anda? Miko Hughes, de Cemitério Maldito. O ator mirim que virou meme



Em 2016 o ator mirim Miko Hughes, que já não trabalhava no cinema havia cinco anos, voltou aos holofotes como um meme da internet, onde ele aparecia em uma foto fazendo uma careta em tom de deboche. A foto era do seriado Três é Demais (Full House), onde Miko interpretava Aaron, o amigo de Michelle (papel no qual se revezavam as gêmeas Ashley e Mary Kate Olsen).

Miko John Hughes nasceu em 22 de fevereiro de 1986, em Apple Valley, Califórnia. Seu pai, John Hughes (não confundir com o diretor homônimo) trabalhava como técnico de efeitos especiais em Hollywood. O ator descende da tribo indígena cherokee.

Miko começou a trabalhar como modelo com apenas vinte e duas semanas de vida, e estreou no cinema com apenas três anos de idade, no clássico de terror Cemitério Maldito (Pet Sematary, 1989). Miko interpretava o menino Gage Creed, morto em um acidente e ressuscitado pelos poderes do cemitério maldito.

 Miko Hughes em Cemitério Maldito

Após trabalhar em algumas séries de televisão, ele retornou ao cinema na comédia Um Tira no Jardim de Infância (Kindergarten Cop, 1990). Ele é o menino que profere a frase "meninos tem pênis, meninas tem vaginas" para Arnold Schwarzeneger.

Miko Hughes em Um Tira no Jardim de Infância

Miko ainda atuou em filmes como Dias Amargos (Jack the Bear, 1993) e Confusão em Dose Dupla (Cops and Robbersons, 1994). Ele retornou ao ao gênero de terror em O Novo Pesadelo: O Retorno de Freddy Krueger (New Nightmare, 1994).

 Miko Hughes em O Novo Pesadelo: O Retorno de Freddy Krueger

Em 1990 Miko Hughes começou a interpretar o Aaron em Três é Demais. Ele não era um personagem fixo, mas fez participações regulares até 1995. Foi desta série que a famosa foto foi retirada.

Miko Hughes em Três é Demais


O promissor ator infantil foi indicado onze vezes aos Young Artist Awards, vencendo ele por três vezes. Mas sua carreira não acompanhou seu crescimento. Após atuar no sucesso Apollo 13: Do Desastre ao Triunfo (Apollo 13, 1995), os convites foram diminuindo. Ele ainda atuou em alguns episódios de séries como The Nanny e O Toque de um Anjo (Touched by an Angel).

Aos doze anos interpretou o filho de Steven Guttenberg na comédia Quase Feitos um para o Outr(Zeus and Roxanne, 1997) e fez um pequeno papel em Spawn, o Soldado do Inferno (Spawn, 1997). No ano seguinte, teve um papel de destaque em Código para o Inferno (Mercury Rising, 1998), ao lado de Bruce Willis.

 Bruce Willis e Miko Hughes em Código para o Inferno

Após dublar um personagem em Bebês Geniais (Baby Geniuses, 1999), ele continuou atuando, sem muita reperscução, em produções menores e programas de televisão. Ele teve um papel bem pequeno na comédia Trovão Tropical (Tropic Thunder, 2008) e atuou em Devorados Vivos (Remains, 2011), que foi seu último trabalho no cinema por alguns anos.

 Miko Hughes em Trovão Tropical

Miko Hughes havia gravado um disco em 1995. Com poucos convites no cinema, ele montou sua própria gravadora, a Little Chief Inc, que ele dirige até hoje.

Aos 30 anos de idade, o ator voltou a mídia quando virou uma brincadeira na internet. A repercussão chegou até ele, que agradeceu aos fãs brasileiros em suas redes sociais. "Muito amor pelo Brasil ter me transformado em um meme. Falo isso com zero sarcasmo” escreveu o ator.



Em 2019 ele retornou ao cinema em The Untold Story (2019) e esta no elenco dos filmes William Froste e A City of Shoulders and Noses, ainda em produção.


Miko Hughes atualmente


Curta nossa página no Facebook

Se inscreva no nosso canal do Youtube

0 comentários:

Enviar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil