Morreu a atriz Louisa Moritz, de O Último Americano Virgem


Morreu no dia 04 de janeiro a atriz Louisa Moritz, aos 72 anos de idade. Ela é mais lembrada por seus papéis sensuais, geralmente interpretado o estereótipo da loira burra, embora fosse uma mulher muito inteligente. Louisa também foi uma das vítimas de abuso sexual do ator Bill Cosby.

Louisa Castro nasceu em 25 de setembro de 1946, em Havana, Cuba. Ela era filha de uma família de advogados que deixaram a ilha no final da década de 50. Quando iniciou-se na carreira de atriz, trocou o nome para Moritz, para fugir dos personagens latinos.

Ela estreou na televisão atuando em comerciais de televisão, que a fizeram popular. Louisa estreou no cinema em um pequeno papel em Assignment: Female (1966). Após atuar em programas de TV como The Leslie Uggans Show, M.A.S.H. e Happy Days, ela retornou ao cinema em The Man from O.R.G.Y. (1970), onde interpretou uma prostituta.

Seu primeiro grande papel foi na comédia de ficção cientifica Corrida da Morte - Ano 2000 (Death Race 2000, 1975), estrelada por David Carradine e Sylvester Stallone.

Louisa Moritz e Sylvester Stallone em Corrida da Morte - Ano 2000

No mesmo ano, interpretou a prostituta Rose em Um Estranho no Ninho (One Flew Over the Cuckoo's Nest, 1975) de Milos Forman. Ainda atuou em Annie, a Lourinha Cobiçada (Sixpack Annie, 1975) e Cannonball - A Corrida do Século (Cannonball!, 1976).


Louisa Mortiz, a primeira a esquerda, em Um Estranho no Ninho
Ainda na década de 70, interpretou a policial Gloria Whitey na comédia Queimando Tudo (Up in Smoke, 1978), estrelada por Cheech e Chong. Ainda atuou nos filmes As Malucas da Avenida (The North Avenue Irregulars, 1979) e Cuba (Idem, 1979).
  Louisa Moritz em Queimando Tudo

Em 1982 ela interpretou a lascívia Carmela em O Último Americano Virgem (The Last American Virgin, 1982), uma viúva fogosa que seduz os estudantes adolescentes. Ainda na década de 80, ela apareceu nos filmes Correntes do Inferno (Chained Heat, 1983) e Férias Ardentes (Hot Chili, 1985), que foi seu último filme, depois a atriz de afastou do cinema.

Embora tenha retornado em duas ocasiões.
 Louisa Moritz e Steve Antin em O Último Americano Virgem

Longe das telas, ela foi corretora de imóveis e comprou um hotel em Beverly Hills. A atriz que sempre interpretou loiras burras, era formada em direito em Yale, falava vários idiomas e tocava vários instrumentos. Desde a década de 80 trabalhava como advogada, inclusive tendo ganhou o Prêmio Bancroft Whitney de Jurisprudência Americana para Contratos. Sua irmã, Aurora, foi a primeira mulher advogada na ilha de Cuba.
Louisa Moritz foi uma das vítimas de abuso sexual cometidos por Bill Cosby. Em 1971, após dar uma entrevista no programa Tonight Show, Louisa foi estuprada pelo ator no camarim da emissora, onde Cosby também trabalhava. Ela foi uma das primeiras atrizes a denunciarem o comediante.

Louisa Mortiz faleceu no dia 04 de janeiro de 2019, aos 72 anos de idade, mas sua morte só foi divulgada no dia 30 do mesmo mesmo mês. 

 

Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube

0 comentários:

Enviar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil