Morre William Goldman, roteirista de Butch Cassidy e Todos os Homens do Presidente

 
Morreu o escritor e roteirista William Goldman, vencedor de dois Oscars pelos seus trabalhos em Butch Cassidy (Butch Cassidy and the Sundance Kid, 1969) e Todos os Homens do Presidente (All the President's Men, 1976). Ele também era autor do livro A Princesa Prometida (The Princess Bride), escrito em 1973 e também adaptado para o cinema.

Goldman começou a escrever na década de 50, e era irmão do também escritor e roteirista James Goldman, que venceu um Oscar de Melhor Roteiro por seu trabalho em O Leão no Inverno (The Lion Winter, 1968), um caso raro de irmãos roteiristas ambos agraciados com tal prêmio.

A primeira novela de Goldman adaptada para o cinema foi Quanto Vale um Homem (Soldier in the Rain, 1963), estrelada por Jackie Gleason, Steve McQueen e Tuesday Weld. E o seu primeiro roteiro feito diretamente para o cinema foi para o filme Oriente Contra Ocidente (Masquerade, 1965), estrelado por Cliff Robertson.

Em seguida, escreveu  Harper, o Caçador de Aventuras (Harper, 1966), estrelado por Paul Newman. Com Newman voltaria a trabalhar em Butch Cassidy (Butch Cassidy and the Sundance Kid, 1969), também estrelado por Robert Redford. O filme deu a William Goldman seu primeiro Oscar.


Em  seguida escreveu Os Quatro Picaretas (The Hot Rock, 1972), também estrelado por Robert Redford, que atuou em cinco filmes do escritor. Os Quatro Picaretas ainda tinha no elenco a atriz Charlotte Rae, recentemente falecida.

Os outros filmes em que trabalhou com Redford foram Quando as Águias se Encontram (The Great Waldo Pepper, 1975), Todos os Homens do Presidente (All the President's Men, 1976) - que lhe rendeu seu segundo Oscar - e Uma Ponte Longe Demais (A Bridge Too Far, 1977).

Em 1973 ajudou no roteiro de Papillon (Idem, 1973), embora não tenha sido creditado. Em 1976 escreveu Maratona da Morte (Marathon Man, 1976), que lhe valeu uma terceira indicação ao Globo de Ouro (as outras foram pelos filmes que também lhe renderam um Oscar).

 William Goldman com James Caan, durante as filmagens de Uma Ponte Longe Demais

Em 1979 escreveu A Juventude de Butch Cassidy (Butch and Sundance: The Early Days, 1979), que retomava os personagens famosos que retratara anos antes. Mas o filme não repetiu o mesmo sucesso, e William Goldman se afastou dos cinemas por um tempo, retonando apenas em Encurralado em Las Vegas (Heat, 1986), estrelado por Burt Reynolds.
No ano seguinte adaptou um de seus livros pro cinema, e A Princesa Prometida (The Princess Bride, 1987) tornou-se um grande sucesso  cinematográfico infanto juvenil. Em 1990 a atriz Katy Bates ganhou o Oscar por seu trabalho em Louca Obsessão (Misery, 1990), que também tinha roteiro seu.


Cary Elwes e Robin Wright em A Princesa Prometida

Entre os outros filmes que também escreveu estão As Esposas de Stepford (The Stepford Wives, 1975),  Memórias de um Homem Invisível (Memoirs of an Invisible Man, 1992), O Ano do Cometa (Year of the Comet , 1992), Chaplin (Idem, 1992), Maverick (Idem, 1994), O Segredo (The Chamber, 1996), A Sombra e a Escuridão (The Ghost and the Darkness, 1996), Poder Absoluto (Absolute Power, 1997), A Filha do General (The General's Daughter , 1999), Lembranças de Um Verão (Hearts in Atlantis, 2001) e O Apanhador de Sonhos (Dreamcatcher, 2003).

Goldman também ficou conhecido por dois grandes erros em sua carreira, ao se recusar a escrever o roteiro dos filmes O Poderoso Chefão (The Godfather, 1972) e Superman: o Filme (Superman: The Movie, 1978).

William Goldman foi casado com a modelo Ilene Jones (entre 1961 e 1991), que era irmã do ator Allen Case.

O escritor faleceu em 16 de novembro de 2018, vítima de um cancêr no cólon e uma pneumonia. Ele tinha 87 anos de idade.



 Leia também:A selvagem Tuesday Weld

Curta nossa página no Facebook

Se inscreva no nosso canal do Youtube

0 comentários:

Enviar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil