Morre a atriz Eudósia Acuña



Eudósia Acuña Quintério nasceu em 10 de janeiro de 1944, na cidade do Rio de Janeiro. Eudósia Acuña trabalhava como professora primária ao mesmo tempo que conciliava o seu tempo atuando em um grupo de teatro amador, que lhe valeu o ingresso no Conservatório Nacional de Teatro.

Começou a trabalhar profissionalmente como atriz, nos palcos, rádio e em dublagens, até ser contratada pela TV Tupi do Rio de Janeiro. Na Tupi, estreou na novela Super Plá (1969), e atuou em novelas como Sangue do Meu Sangue (1969), Ídolo de Pano (1974), O Velho, O Menino e o Burro (1975), A Viagem (1975), O Profeta (1977) e muitas outras.

Yara Lins com Laura Cardoso, Glauce Graieb, Carmem Silva
e Eudosia Acuña em Ídolo de Pano

Com Eva Wilma em A Viagem


Atuou ainda em Música ao Longe (1982) na TV Cultura e Fernando da Gata (1983) na TV Globo. Em 2007, após muitos anos afastada da televisão, atuou em Maria Esperança (2007), no SBT.

No cinema, estreou em Cléo e Daniel (1970), e atou nos seguintes filmes: Quando Elas Querem... E Eles Não (1975), Passaporte para o Inferno (1976), Presídio de Mulheres Violentadas (1977), Belas e Corrompidas (1977), As Trapalhadas de Dom Quixote e Sancho Pança (1977) e O Gênio do Sexo (1978).

Formada bacharel em canto e fonoaudiologia, era diretora, escritora, mestre e doutora formada pela ECA-USP, onde lecionou Estética da Voz, no departamento de artes cênicas. Também publicou diversos livros sobre técnicas vocais.



Eudósia Acuña faleceu vítima de câncer, aos 74 anos de idade. A atriz morreu em 03 de abril de 2018, mas sua morte só foi divulgada no final de junho do mesmo ano.

Leia também: Morre a atriz Cacilda Lanuza
Leia também: Morreu o ator Fábio Tomasini, aos 68 anos
Leia também: Morreu a atriz Cidinha Milan


Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube

0 comentários:

Enviar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil