Morre a atriz Joanna Barnes, a Jane de Tarzan, o Filho das Selvas (1959)


A atriz e escritora Joanna Barnes faleceu no dia 29 de abril, aos 87 anos de idade. De acordo com sua amiga Sally Jackson, ela morreu após lidar com "múltiplos problemas de saúde". Barnes foi a 13ª atriz a interpretar a personagem Jane, no filme Tarzan, o Filho das Selvas (Tarzan, The Ape Man, 1959), ao lado do Tarzan de Denny Miller.


Joanna Barnes e Denny Miller em Tarzan, o Filho das Selvas

Nascida em 1934, ela estreou na televisão no começo da década de 1950, e apareceu como convidada em diversas séries de TV. Seu primeiro papel no cinema, foi uma participação não creditada em Vidas Truncadas (No Time to Be Young, 1957), mas no ano seguinte, viveu a esnobe Gloria Upton em A Mulher do Século (Auntie Mame, 1958), que lhe valeu uma indicação ao Globo de Ouro de Melhor Atriz Revelação.


Joanna Barnes em A Mulher do Século

Seus papéis no cinema incluem a Claudia Marius no épico Spartacus (Idem, 1960) e a vilã Vicky Robinson no filme da Disney O Grande Amor de Nossas Vidas (The Parent Trap, 1961), estrelado por Halley Mills.

Quando o filme ganhou um remake, Operação Cupido (The Parent Trap, 1998), agora estrelado por Lindsay Lohan, ela interpretou a mãe de sua personagem original.



Nina Foch, Joanna Barnes e Peter Ustinov em Spartacus


Joana Barnes e Hayley Mills em O Grande Amor de Nossas Vidas


Joanna Barnes em Operação Cupido

No cinema, ainda fez Gigantes em Luta (The War Wagon, 1967) e Não Faça Ondas (Don't Make Waves, 1967), além de atuar em muitas séries de TV. Ela deixou de atuar no ano 2000.

Além de atriz, Joanna foi uma bem sucedida escritora, tendo publicado diversos livros de romance, e teve colunas em jornais e revistas importantes, como o Los Angeles Times.


Joanna Barnes, John Wayne e Kirk Douglas em Gigantes em Luta







Morre o cantor e locutor Altieris Barbiero, aos 77 anos de idade


Morreu no dia 30 de abril, o cantor, locutor, radioator e radialista brasileiro Altieris Barbiero, aos 77 anos de idade. Sua morte foi causada por uma insuficiência cardíaca, e anunciada por seus familiares através das redes sociais.



Nascido em Mandaguari (Paraná), em 23 de abril de 1945, Altieris Barbiero começou a trabalhar como operador de áudio na Rádio Cultura de Uberlândia, em 1960. Depois mudou-se para São Paulo, onde tornou-se diretor artístico da Rádio Progresso.

Ele trabalhou como radioator nas rádios Record e São Paulo, e na década de 1970 virou locutor e apresentador da Rádio Record, onde criou o programa A Volta do Sucesso.




Em 1981 ele gravou um disco que fez muito sucesso com a música Se Amar É Viver. Ele gravou outros discos ao longo de sua carreira. Mais tarde, trabalhou ainda nas rádios Globo, Mulher e América, onde foi responsável pelo lançamento do Padre Marcelo Rossi.








Victoria Vetri, das telas de cinema para a prisão


Estrela do filme Quando Os Dinossauros Dominavam a Terra (When Dinosaurs Ruled the Earth, 1970) Victoria Vetri foi uma das modelos mais famosas das décadas de 1960 e 1970, e conquistou seu lugar na história do cinema.



Filha de italianos, Victoria Cecilia Vetry  nasceu em San Francisco, Califórnia, em 26 de setembro de 1944. Ela começou a trabalhar como modelo na adolescência, e logo chamou a atenção dos produtores de Hollywood.

Tanto que Robert Wise a queria como a sua Maria em Amor, Sublime Amor (West Side Story, 1961), mas os estúdios não aprovaram uma desconhecida sem experiência para o papel, que foi para a estrela Natalie Wood.

Rejeitada no filme vencedor do Oscar de 1962, ela fez sua estreia nas telas de forma modesta, como figurante em O Pombo que Conquistou Roma (The Pigeon That Took Rome, 1962).

A bela morena então conseguiu melhores papéis em séries de televisão, como Bonanza e Cheyenne, geralmente sendo escalada para papéis de latinas ou indígenas. Nesta época, ela usava o nome artístico de Angela Dorian, criado a partir do famoso navio italiano Andrea Doria, que naufragou em 1956.




Ela também foi figurante em O Mensageiro da Vingança (Johnny Cool, 1963), antes de conseguir um papel melhor em Os Reis do Sol (Kings of the Sun, 1963).


Victoria Vetri e Barry Morse em Os Reis do Sol 

Após fazer muitos trabalhos na TV, ela fez o filme Revólver de Um Desconhecido (Chuka, 1967), onde novamente interpretava uma nativa americana.


Victoria Vetri e Bob Kane em Guerra, Sombra e Água Fresca


Victoria Vetri e Adam West em Batman e Robin


Victoria Vetri e Luciana Paluzzi em Revólver de Um Desconhecido


Ainda desconhecida, sua fama mudou após a atriz posar para a revista Playboy em setembro de 1967. No ano seguinte, ela foi eleita a Playmate do Ano de 1968, o que fez dela um nome muito popular. A revista de Victoria foi uma das mais vendidas da época, e fez dela a playmate preferida dos soldados norte-americanas, na Guerra do Vietnã.



Victoria Vetri na capa da Playboy


Victoria achou que o sucesso de vendas da publicação alavancaria sua carreira, mas percebeu que na verdade posar nua fez com que ela fosse vista com preconceito pela indústria do entretenimento. Além disto, ela agora só era convida para viver papéis de mulheres sensuais, não recebendo convites para trabalhos mais desafiadores.

Em 1968 ela foi convidada por Roman Polanski para viver Terry, a vizinha de Mia Farrow no clássico O Bebê de Rosemary (Rosemary's Baby, 1968). Em uma cena na lavanderia, Mia fala para a personagem "Você se parece com a Victoria Vetri", brincando com a enorme popularidade dela na época.


Mia Farrow e Victoria Vetri em O Bebê de Rosemary


Victoria Vetri em Terra de Gigantes


Em 1970 a atriz teve sua melhor oportunidade no cinema, protagonizando Quando Os Dinossauros Dominavam a Terra (When Dinosaurs Ruled the Earth, 1970), na Warner Bros. O filme exigia uma atriz loira, mas ela se recusou a pintar os cabelos, e usou peruca durante toda a produção.



Victoria Vetri em Quando Os Dinossauros Dominavam a Terra


O filme fez um grande sucesso, e chegou a ser indicado ao Oscar de Melhores Efeitos Especiais, mas não fez muito pela carreira da atriz.

Ela ainda faria algumas participações em séries de televisão, e atuou no telefilme Caçada Noturna (Night Chase, 1970) e depois fez o filme de terror Invasão das Mulheres Abelhas (Invasion of the Bee Girls, 1973). E em 1975, após fazer mais um programa de televisão, ela se aposentou da carreira artística.
 
Alguns fãs a creditam em um episódio de Jornada nas Estrelas (Star Trek), mas ela mesmo admite que nunca atuou na série. A confusão se dá com a semelhança com a atriz April Tatro, que realmente fez o papel em questão.


April Trato em Jornada nas Estrelas


Victoria era uma grande amiga de Sharon Tate, que conheceu através de Roman Polanski (diretor de O Bebê de Rosemary) e foi convida pela atriz para jantar em sua casa no fatídico dia em que Sharon e seus amigos foram assassinados por Charles Mason, em 1969. Victoria recusou o convite porque iria filmar no dia seguinte, e precisava acordar muito cedo.

A morte da atriz, em 1969, a fez rever seus planos de continuar atuando.

Ela foi casada quatro vezes, e teve um único filho.

Em 1986 ela se casou com seu quarto marido, o músico Bruce Rathgeb. E em 2010 ela foi acusada de tentativa de assassinato após atirar em Rathgeb, durante uma discussão, após descobrir a infidelidade do marido.


Casamento de Victoria Vetri e Bruce Rathgeb


Ele sobreviveu, mas ela foi condenada a prisão em 2011, e ficou presa até 2018, quando foi solta em liberdade condicional. Na época em que deixou a cadeia, ela declarou que sentia vontade de voltar a atuar.

Algo que até agora não aconteceu.


Victoria Vetri no tribunal


Victoria Vetri atualmente












Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube
Siga também nosso Instagram

Jossara Jinaro, atriz brasileira que atuava em Hollywood, morre aos 48 anos de idade


A atriz Jossara Jinaro morreu no dia 27 de abril, aos 48 anos de idade. Ela lutava conta um câncer, e sua morte foi divulgada por seu marido, nas redes sociais.

Brasileira, ela nasceu no Rio de Janeiro, em 25 de maio de 1973. Sua mãe era brasileira, e seu pai um diplomata colombiano. Mais tarde ela morou na Colômbia, e aos 16 anos se mudou para os Estados Unidos, onde começou a atuar, além de trabalhar como modelo.



Ela estreou no cinema em Efeito Colateral (Collateral Damage, 2002), e atuou em filmes como Garotas Sem Rumo (Havoc, 2005), Rejeitados Pelo Diabo (The Devil's Rejects, 2005) e As Torres Gêmeas (World Trade Center, 2006). Também fez muitas séries de televisão, como Plantão Médico (E.R.) e East Los High: No Ritmo de L.A. (East Los High), além de ter produzido diversos curta-metragens, nos quais atuou.

A atriz deixa marido e dois filhos.


Jossara Jinaro em Plantão Médico




A breve e trágica Inger Stevens, a atriz que escondia um segredo


Esta bela atriz sueca parecia ter realizado todos os seus sonhos, incluindo uma carreira de rápida ascensão. No entanto, em 1970, com apenas 35 anos, Inger Stevens se tornou uma trágica estatista de Hollywood, provando que nem sempre a fama e fortuna nem sempre levam a felicidade.



Inger Stensland nasceu Estocolmo, Suécia, em 18 de outubro de 1934. Inger foi uma criança muito tímida, mas que desenvolveu o sonho de ser atriz após ver o pai atuar em algumas produções amadoras de teatro.

Quando ela tinha 6 anos de idade, sua mãe fugiu com outro homem, e levou apenas um dos três filhos com ela. Em seguida, seu pai resolveu migrar para os Estados Unidos, e deixou a filha aos cuidados de uma empregada, mandando buscá-la somente 4 anos depois, em 1944.

Inger não gostava da nova madrasta, e fugiu de casa diversas vezes. Ela teve diversos empregos para ajudar nas contas da casa, e aos 16 anos fugiu definitivamente, juntando-se a uma trupe de teatro burlesco, onde atuava como corista.

Mais tarde, ela mudou-se para Nova York, onde fez alguns trabalhos como modelo, para pagar o curso de atuação no Actor's Studio.

Inger conseguiu alguns trabalhos em comerciais de televisão, e logo conseguiu alguns papéis fazendo mocinhas ingênuas em séries de televisão.


Inger Stevens na televisão, em 1955

Em 1955 ela se casou com seu agente, Anthony Soglio, com quem ficou casada até 1957. Soglio conseguiu papéis melhores para a atriz, que estreou no cinema em Fogo no Coração (Man on Fire, 1957), ao lado do astro Bing Crosby.


Bing Crosby e Inger Stevens em Fogo no Coração

Inger se apaixonou por Crosby, e foi correspondida. Eles iniciaram um relacionamento, mas o ator se recusou a casar com ela porque ela não queria se converter ao catolicismo. Pouco tempo depois, ele se casou com a atriz Kathryn Grant, que aceitou a conversão.

Inger ficou arrasada, e entrou em profunda depressão. Tanto que durante a gravação de seu filme seguinte, Grito do Terror! (Cry Terror!, 1958) ela e o colega Rod Steiger sofreram intoxicação de monóxido de carbono durante a gravação de uma cena em um túnel, e precisaram ser socorridos pela equipe médica. Steiger, em sua biografia, contou que a atriz implorava para não ser atendida, e pedia aos prantos para a deixarem morrer.


Inger Stevens e Rod Steiger em Grito do Terror

Inger repetiu um velho hábito, e se envolveu com Anthony Quinn, que a dirigiu em Lafite, o Corsário (The Buccaneer, 1959), e com Harry Belafonte, seu colega de elenco em O Diabo, a Carne e o Mundo (The World, the Flesh and the Devil, 1959). Mas ambos os relacionamentos naufragaram.


Inger Stevens e Yul Brynner em Lafite, o Corsário


Harry Belafonte e Inger Stevens em O Diabo, a Carne e o Mundo

Mesmo com um namoro frustrado com Belafonte, a relação interracial foi mal vista pela indústria cinematográfica da época. Os Estados Unidos ainda viviam sob a lei da segregação racial, e o preconceito queimou a imagem da atriz.

Inger estava no auge, mas os convites para o cinema desapareceram. E no ano novo de 1959 ela estava tão desolada, que tentou o suicídio.

Sem conseguir papéis em outros filmes, a atriz teve de recorrer a televisão, onde fez algumas participações. Ela só conseguiu retornar as telonas 4 anos depois, em um papel de apoio em Torvelinho de Paixões (The New Interns, 1964).

Sua redenção veio na televisão, quando ela foi contratada para viver a governanta sueca em The Farmer's Daughter (1963-1966), que lhe deu um Globo de Ouro e uma indicação ao Emmy.


Inger Stevens em The Farmer's Daughter

A série deu um novo folego a sua carreira, que retornou ao cinema atuando em Maridos em Férias (A Guide for the Married Man, 1967), A Grande Cilada (A Time for Killing, 1967), O Último Tiro (Firecreek, 1968), Os Impiedosos (Madigan, 1968), A Marca da Forca (Hang 'Em High, 1968), Pôquer de Sangue (5 Card Stud, 1968), Não Importa que Morram (House of Cards, 1968) e Sonho de Reis (A Dream of Kings, 1969).


Inger Stevens e Clint Eastwood em A Marca da Forca

Ela ainda fez os telefilmes The Mask of Sheba (1970) e Vingança de Um Guerreiro (Run, Simon, Run, 1970), ao lado de Burt Reynolds.


Burt Reynolds e Inger Stevens em Vingança de Um Guerreiro

Ainda em 1970 ela assinou contrato para estrelar a série The Most Deadly Game, mas não chegou a realizar este projeto. Em 30 de abril de 1970 a atriz foi encontrada caída em seu quarto, após tomar uma dose letal barbitúricos. Ela ainda estava viva, mas morreu na ambulância a caminho do hospital, com apenas 35 anos de idade.

Após a sua morte, o ator Ike Jones apresentou a certidão de casamento com a atriz, para requisitar os bens deixados por ela. Eles viviam em casas separadas, mas estavam casados desde 1961.

Com medo de ser novamente prejudicada por outro relacionamento interracial, eles mantiveram a união em segredo, e nunca apareceram em público juntos. O juiz a princípio achou que era uma fraude, mas o irmão de Inger testemunhou a favor de Jones, alegando que eles eram casados, mas que sua irmã havia pedido o segredo pelo medo que sentiu (e as ameaças de morte que recebeu) quando namorou Harry Belafonte, no meio da convulsão social gerada no auge da luta pelos direitos civis dos cidadãos negros, na década de 1960.

Existe apenas uma foto do casal juntos, em um jantar na casa de amigos.

Ike Jones, que morreu em 2014, nunca mais se casou novamente.


Inger Stevens e Ike Jones





Leia também:  O drama de Susan Peters


Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube
Siga também nosso Instagram

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil