Sister Rosetta Tharpe, a mãe do rock' and roll


Muito antes de Chuck Berry, Little Richard, Elvis Presley ou do fenômeno dos Beatles, existiu Sister Rosetta Tharpe.

Muitas vezes chamada de "a madrinha do rock", ela na verdade deveria ser reconhecida como a mãe do gênero musical. Foi por causa dela, inclusive, que o termo "rock and roll" apareceu pela primeira vez na imprensa. A expressão foi criada pela revista norte-americana Billboard (especializada em música), para descrever uma de suas perfomances, em maio de 1942.


Em suas memórias, Chuck Berry, considerado por muitos como o pai do rock, escreveu: "quando eu tinha 12 anos de idade, a cantora lançou seu primeiro disco, Rock Me, e eu fui um dos muitos garotos que cresceram acostumados em ver Sister Rosetta como uma grande estrela da música". Elvis Presley, em entrevistas, também declarou que cresceu admirando o trabalho da artista pioneira.


Rock Me foi gravado em 1938, e no ano seguinte, a canção This Train foi considerada um Hit. A canção Strange Things Happening Everday, lançada em 1944, tinha uma forte crítica a hipocrisia religiosa, e ficou em segundo lugar nas paradas da Billboard no gênero Rhythm & Blues, e hoje muitos historiadores consideram que a canção foi o primeiro rock gravado na história. 


Rosetta Nubin nasceu em uma fazenda de algodão (onde seus avós haviam sido escravizados), em 20 de março de 1915, em Greenville, na Carolina do Sul. Ela começou a cantar com 4 anos de idade, na igreja local. Influenciada pelo blues e a country music, ela foi a primeira a misturar os ritmos com o gospel, surgindo daí o apelido "Sister".

Na década de 1920 sua família se mudou para Chicago, onde ela começou a fazer apresentações públicas fora do círculo religioso. Além de cantar a pioneira também incluiu a guitarra em suas apresentações.


Ela adotou o sobrenome Tharpe após se casar com o pastor Thomas Thorpe, mas a certidão foi impressa com erro de grafia, que acabou tornando-se seu sobrenome. O casal se mudou para Nova York em 1934.

Em 1940 Rosetta foi contratada pela Decca Records, e gravou quatro faixas acompanhadas pela orquestra de Luck Millander. As gravações da Decca fizeram muito sucesso, mas chocaram os frequentadores da igreja de Sister Rosetta, que a acharam ousada demais.


Com Luck Millander, a cantora fez dois filmes curta-metragens, espécie de precursores dos vídeo clips. The Lonesome Road (1941) e Four or Five Times (1941) foram os únicos trabalhos da artista no cinema.

The Lonesome Road


Four or Five Times


Ainda em 1941, foi convidada para ser uma das atrações da famosa casa noturna Cotton Club, em Nova York. Situada no Harlem, apenas artistas negros se apresentavam na boate, que era frequentada pela elite branca nova iorquina.



Na Decca Records, ela conheceu a cantora Marie Knight, com quem fez dupla durante muitos shows. Juntas elas emplacaram o hit Up Above My Head, que ficou três anos nas paradas de sucesso. Com poucos trabalhos no cinema, Sister Rosetta Tharpe se apresentou em muitos programas de televisão nas décadas de 1950 e 1960, inclusive em programas internacionais, quando fazia turnês pela Europa.

Sister Rosetta Tharpe na França (1965)


Mas sua popularidade, curiosamente, decaiu a medida que o rock and roll despontava. Ela parou de cantar definitivamente em 1970, após sofrer um derrame. Posteriormente, teve que amputar uma perna devido a complicações da diabetes.

Em 09 de outubro de 1973 Sister Rosetta Tharpe faleceu, aos 58 anos de idade. Ela foi enterrada em um túmulo comum, sem identificação.


Durante um show, em 1945, ela viu o entusiasmo de um menino de 13 anos na plateia, o chamou para subir ao palco e cantar com ela. Richard Wayne Penniman subiu então em seu primeiro palco, e encantou a multidão. Rosetta gostou tanto do menino, que pagou um cachê pelo seu show. 

Este foi o primeiro trabalho remunerado do futuro roqueiro conhecido artisticamente como Little Richards. Além de Little Richards, Elvis e Chuck Berry, muitos grandes nomes manifestaram terem sido influenciados pelo seu estilo de cantar.

Johnny Cash dizia que Sister Rosetta era sua cantora favorita na infância, e nomes como Jerry Lee Lewis, Isaac Hayes e Aretha Franklin reconheciam na cantora uma grande referência em suas carreiras.


"Oh, essas crianças e rock and roll - isso apenas acelerou o rhythm and blues. Eu fazia isto desde sempre".

(Sister Rosetta Tharpe)


Recentemente o cineasta Baz Luhrmann anunciou que lançara um filme sobre Elvis Presley em 2022, e terá a cantora britânica Yola no papel de Sister Rosetta Tharpe.

A cantora Yola

Veja também: Mães e Filhas Atrizes

Curta nossa página no Facebook

Se inscreva no nosso canal do Youtube

Siga também nosso Instagram

0 comentários:

Postar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil