O doce John Candy


Nos anos 80 e 90 John Candy era sinônimo de boas comédias, muitas delas exibidas na programação da televisão brasileira. Alto, corpulento e bonachão, Candy normalmente interpretava papéis de homens atrapalhados com um grande coração.


John Franklin Candy nasceu em Toronto, Canadá, em 31 de outubro de 1950. Ele iniciou sua carreira em programas infantis do Canadá, em 1976 passou a fazer parte de um talk show local, onde trabalhava com Ricky Moranis, que se tornou um grande amigo. No mesmo ano, a dupla ingressou no programa humorístico Second City, que também tinha Martin Short, Catherine O'Hara e Eugene Levy no elenco.



Martin Short, John Candy, Ricky Moranis, Dave Thomas e Eugene Levy em Second City

A série canadense fazia tanto sucesso no país que em 1981 passou a ser exibida na americana NBC, e Candy passou a ganhar popularidade nos Estados Unidos. O ator não era desconhecido nos EUA, mas foi a série que deixou famoso.

No cinema, estreou em O Verão que Passou (Class of' 44, 1973), depois atuou em filmes de baixo orçamento, como Palhaço Assassino (The Clown Murders, 1976), e foi escalado por Steven Spielberg para a comédia 1941- Uma Guerra Muito Louca (1941, 1979) e recebeu um papel em Os Irmãos Cara de Pau (The Blues Brothers, 1980). Em 1981 também dublou a animação Haevy Metal (1981).

John Candy em Os Irmãos Cara de Pau 

Em 1981 ele apresentou o famoso Saturday Night Life, e foi convidado para ingressar no famoso programa, mas recusou todas as ofertas, em respeito a seus colegas de Second City, que também era um programa de esquetes.

Popular, Candy fez participações especiais em Recrutas da Pesada (Stripes, 1981) e Férias Frustradas (Vacation, 1983), e garantiu o papel principal em Ficando Louco (Going Bersek, 1983).

Chevy Chase e John Candy em Férias Frustradas

Em 1984 ele foi convidado para estrelar Os Caça Fantasmas (Ghostbusters, 1984), mas recusou o papel, alegando que seu amigo Ricky Moranis seria uma escolha muito melhor que ele. Ricky acabou sendo contratado.

Mas apesar de recusar atuar no filme, apareceu no vídeo clipe da música tema, que ainda tinha participações de atores como Chevy Chase, Jeffrey Tambor e Danny DeVitto, artistas que também haviam se recusados a atuar no filme, ou não passaram no teste de elenco.


Ainda em 1984 interpretou o irmão de Tom Hanks no sucesso Splash - Uma Sereia em Minha Vida (Splash, 1984). O filme fez muito sucesso e Candy recebeu boas críticas, atingindo novos rumos em sua carreira.

Splash - Uma Sereia em Minha Vida 

Candy contracenou com Richard Pryor em Chuva de Milhões (Brewester's Millions, 1985), mas depois fez escolhas erradas e seus filmes seguintes, Aluga-se Para o Verão (Summer Rental, 1985), Os Voluntários da Fuzarca (Volunteers, 1985), A Pequena Loja dos Horrores (Little Shop of Horrors, 1986), Armados e Perigosos (Armed and Dangerous, 1986) e S.O.S.: Tem Um Louco Solto no Espaço (Spaceballs, 1987) não fizeram sucesso.

John Candy em S.O.S.: Tem Um Louco Solto no Espaço 

Em baixa, o diretor John Hughes o chamou para trabalhar com Steve Martin em Antes Só do Que Mal Acompanhado (Planes, Trains & Atomobiles, 1987). Candy e o Hughes já haviam trabalhado juntos em Férias Frustradas, e após o enorme sucesso de Antes Só do Que Mal Acompanhado acabaram firmando uma longa parceria nos cinemas.

Steve Martin e John Candy em Antes Só do Que Mal Acompanhado

Novamente sob direção de Hughes, atuou em As Grandes Férias (The Great Outdoors, 1988), que também fez muito sucesso. Com o diretor ele ainda trabalharia em Ela Vai Ter Um Bebê (She's Having a baby, 1988), no qual fez uma participação especial, e voltou a estrelar outra comédia, Quem Vê Cara, Não Vê Coração (Uncle Buck, 1989), onde interpretou o tio bonachão de Macaulay Culkin.

E em 1989 recusou outro papel importante, o do cientista em Querida, Encolhi as Crianças (Honey, I Shrunk the Kids, 1989), novamente alegando que Ricky Moranis teria um desempenho melhor.

Macaulay Culkin e John Candy em Quem Vê Cara, Não Vê Coração

Candy e Hughes ainda trabalhariam juntos mais uma vez, quando o ator fez uma participação especial como o líder da banda de polca em Esqueceram de Mim (Home Alone, 1990). No filme sua banda da carona para Catherine O'Hara, a mãe de Kevin (Macaulay Culkin), para ela retornar para casa. O papel originalmente seria menor, e não seria de Candy, mas ele se ofereceu para atuar neste clássico natalino em gratidão ao diretor. Candy não cobrou nem um centavo por esta atuação, fez por amizade ao diretor e a Catherine O'Hara, sua amiga desde os tempos de Second City, ainda no Canadá.


Candy ainda atuou em filmes como Nada Além de Problemas (Nothing But Trouble, 1991), Quem é Harry Crumb? (Who's Harry Crumb?, 1991), e Mamãe Não Quer Que Eu Case (Only the Lonely, 1991), onde contracenou com a veterana Maureen O'Hara.

John Candy e Maureen O'Hara em Mamãe Não Quer Que Eu Case

Ainda em 1991 ele surpreendeu a todos ao atuar no filme JFK: A Pergunta Que Não Quer Calar (JFK, 1991), aclamado filme do diretor Oliver Stone. John Candy recebeu excelentes críticas pelo papel sério, algo quase inédito em sua carreira.

John Candy em  JFK: A Pergunta Que Não Quer Calar 

E em 1994 atuou em Jamaica Abaixo de Zero (Cool Runnings, 1994), que foi o maior sucesso de bilheteria de sua carreira.

Jamaica Abaixo de Zero

Este foi o último filme lançando enquanto o ator ainda era vivo. Durante as filmagens de Dois Contra o Oeste (Wagons East, 1994), o ator sofreu um ataque cardíaco fulminante, falecendo com apenas 43 anos de idade.

Com excesso de peso, e fumante inveterado, John Candy já estava preocupado com sua saúde. Seu pai havia morrido de um ataque cardíaco com apenas 35 anos de idade, na época em que o ator tinha apenas 5 anos. Ele chegou a perder peso, e parou de fumar, mas já era tarde demais. O ator morreu no dia do aniversário de 40 anos de Catherine O'Hara.

Ele ainda deixou um outro filme pronto, lançado após a sua morte, a comédia Operação Canadá (Canadian Bacon, 1995), único filme de ficção dirigido por Michael Moore, conhecido pelo seu trabalho como documentarista.


John Candy era casado desde 1979 com Rosemary Margaret Hobor, e tinha dois filhos, os atores Jennifer e Chris Candy.



Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube

0 comentários:

Publicar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil