Ator João Acaibe morre vítima da Covid-19


O ator João Acaibe morreu na noite de 31 de março, aos 76 anos de idade. Ele estava internado devido a complicações da Covid-19, e sua morte foi divulgada por parentes em sua rede social.




João Batista Acaibe nasceu em Espírito Santo do Pinhal em 14 de maio de 1944. Trabalhou como ator, locutor, radialista, contador de histórias e dublador. Acaibe começou a sua carreira como locutor, e formou-se em teatro pela Escola de Arte Dramática de São Paulo. No teatro, protagonizou Jesus Homem, de Plínio Marcos, onde interpretava um Cristo Negro.


Jesus Homem


Ele estreou na televisão atuando nas novelas da TV Tupi, onde fez A Viagem (1975), O Profeta (1977), Cinderela 77 (1977), Salário Mínimo (1978) e Gaivotas (1978).

Na TV também atuou em diversas outras emissoras, mas ficou marcado por seus trabalhos dedicados ao público infantil, como no programa Bambalalão, na TV Cultura, e como o Tio Barnabé no Sítio do Pica Pau Amarelo (2001-2006) e como o chef Chico, o cozinheiro da segunda versão de Chiquititas (2013-2015). Gésio Amadeu, que interpretou o Chico na primeira versão, também morreu de Covid, em agosto de 2020.






No cinema, Acaibe atuou em mais de 20 filmes, destacando-se em Elas São do Baralho (1977), que marcou sua estreia no cinema, e filmes como Eles Não Usam Black-Tie (1981), Chico Rei (1986), Cronicamente Inviável (2000), Casa de Areia (2005), Família Vende Tudo (2011) e M8: Quando a Morte Socorre a Vida (2020), seu último trabalho no cinema.



João Acaibe em Chico Rei


Em 1986 ele ganhou o Kikito de Melhor Ator no Festival de Cinema de Gramado, pelo filme O Dia em Que Dorival Encarou a Guarda (1986), de Jorge Furtado e José Pedro Goulart.


João Acaibe em O Dia em Que Dorival Encarou a Guarda


Veja também: Raul Gil já foi ator


Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube
Siga também nosso Instagram

0 comentários:

Postar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil