Quem roubou o Oscar de Alice Brady?


O Oscar, um dos mais cobiçados prêmios do cinema foi criado em 1929 (na cerimônia foram agraciadas produções de 1927 e 1928). Desde então centenas de profissionais conquistar o prêmio, entrando para a história da Acadêmia de Artes e Ciências Cinematográficas.

Existem muitas lendas e histórias curiosas envolvendo o prêmio. Louise Rainer, por exemplo, esqueceu sua primeira estatueta em um trem, quando retornava para casa após a festa da premiação. Posteriormente o prêmio foi devolvido a atriz.

Marlon Brando afirmava que não sabia onde estava os dois prêmios que recebeu ao longo da vida, e o primeiro deles foi adquirido em um leilão em 1995 por Michael Jackson, por uma pequena fortuna.

Desde 1950 os vencedores assinam um termo que os proíbe de vender seu Oscar, a não ser para o museu da própria instituição que os entrega, pelo preço simbólico de 1 dólar. Apenas os Oscar entregues anteriormente podem ser vendidos.

Também existem muitos prêmios que foram roubados ao longo dos anos. Ao todo 75 estatuetas foram roubadas, e 67 delas foram recuperadas. O caso mais recente aconteceu em 2018, quando um homem arrancou o Oscar das mãos de Frances MacDormand, quando ela posava com a estátua para fotógrafos. O homem saiu correndo, mas um dos fotógrafos conseguiu retirar o prêmio das mãos dele, que fugiu (ele foi preso dias depois).

Homem que roubou o Oscar de Frances McDormand

Whoopi Goldenberg teve seu Oscar roubado de sua mala no Aeroporto de Los Angeles. O Oscar de Hattie McDaniel, após sua morte, foi doado a uma Universidade, e foi roubado do local onde era exposto (este nunca foi encontrado). Olimpia Dukakis teve o prêmio roubado em sua casa por uma funcionária que trabalhava para ela. Um ladrão também roubou o Oscar de Bing Crosby, deixando um boneco do Mickey Mouse no lugar. O prêmio foi encontrado abandonado em um celeiro semanas depois.

A atriz mirim Margaret O'Brien recebeu um Oscar especial, o Oscar Juvenil (uma miniatura da estátua cobiçada), que foi roubado de sua casa, e encontrado por um preço irrisório em um mercado de pulgas em 2005 (a pequena estatueta foi vendida por 500 dólares). O homem que comprou o prêmio devolveu a atriz, 50 anos após ele ter sido roubado.

Margaret O'Brien recebendo seu Oscar de volta

Mas uma das maiores lendas sobre o roubo do Oscar ocorreu em 1938. A veterana atriz Alice Brady, estrela desde os tempos do cinema mudo foi vencendora do Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante por No Velho Chicago (In Old Chicago, 1938). Este era o segundo ano que a categoria havia sido criada, e Brady também havia sido indicada no ano anterior.

Alice Brady, nos tempos do cinema mudo

Alice não compareceu a cerimônia, pois ela havia quebrado o tornozelo alguns dias antes. Após seu nome ser anunciado, ninguém se pronunciou, até que um homem desconhecido do público subiu ao palco, agradeceu ao prêmio e desapareceu em meio aos convidados. As pessoas acharam que era algum amigo ou funcionário enviado por Brady, que havia informado que não poderia comparecer a festa.

Na época os prêmios não tinham os nomes gravados ainda, e os vencedores devolviam a estatueta para a Acadêmia fazer a inscrição, e esta remetia aos seus donos alguns dias depois.

Passaram-se semanas, e Alice entrou em contato dizendo que ainda não havia recebido o prêmio. A Acadêmia informou que o seu representante não o devolvera, e Alice então informou que não havia enviado ninguém em seu lugar, ou seja, o Oscar havia sido roubado por um estranho.

Alice Brady faleceu no ano seguinte, vítima de um câncer. Reza a lenda que ela partiu sem nunca ter recebido uma reposição do prêmio furtado.

Na verdade, esta história é um dos maiores mitos sobre o Oscar. Alice recebeu sim sua estátua alguns dias depois, como chegou a ser noticiado na imprensa. Na foto, vemos a atriz recebendo seu Oscar, que é diferente do tradicional. O Oscar de Coadjuvante na verdade era uma placa pequena, diferente do prêmio entregue para os melhores atores. Ele só passou a ser igual a partir de 1944, após reclamação por parte de muitos artistas.

Alice Brady recebendo seu Oscar

Alguns historiadores dizem que toda a própria história do roubo é uma lenda, e que o homem que recebeu o prêmio, baseados em jornais da época, foi Henry King, o diretor do filme No Velho Chicago (mas não foram feitos registros fotográficos na época).

Porém, em 2012 um prêmio Oscar, como o dos coadjuvantes foi a leilão, sem placa de identificação, e foi vendido por 19 mil dólares. Seria o Oscar de Alice Brady?

Prêmio vendido em 2012


Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube


0 comentários:

Enviar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil