O Oscar de James Stewart, em uma loja em Indiana


James Stewart um dos maiores astros de Hollywood, estreou no cinema aos 27 anos, em um pequeno papel em Entre a Honra e a Lei (The Murder Man, 1935), mas no final da década de 30 já era um dos atores mais requisitados na cidade do cinema.

Em 1939 ele recebeu sua primeira (de cinco) indicação ao Oscar, por seu desempenho em A Mulher Faz o Homem (Mr. Smith Goes to Washington, 1939), mas perdeu para Robert Donat que foi premiado por sua atuação em Adeus Mr. Chips (Goodbye, Mr. Chips, 1939).

No ano seguinte, porém, Stewart seria novamente indicado, e foi agraciado com o Oscar pelo seu  papel em Núpcias de Escândalo (The Philadelphia Story, 1940).

James Stewart e Ginger Rogers, os vencedores do Oscar de 1940

No dia seguinte após ser premiado, seu pai o telefonou dizendo: "Soube que você ganhou um prêmio, envie ele para mim, para eu botar nas estantes de minha loja, para atrair clientes". E assim o fez Jimmy Stewart.

Ele foi até Indiana, sua cidade natal, e deu seu Oscar para seu pai, Alexander Maitland Stewart, que possuía uma loja de ferragens na cidade. Seu prêmio ficou nas prateleiras, em meio aos materiais de construção que seu pai vendia, ao lado de memórias de guerra dos tempos que seu pai serviu ao exército.


James Stewart, com trajes militares (ele foi o primeiro ator de Hollywood a se alistar no exército quando os Estados Unidos entrou na Segunda Guerra Mundial), ainda passou uns dias na loja do pai, ajudando nos trabalhos do balcão, como havia feito em sua adolescência. Seu prêmio ficou exposto na loja por 25 anos, até a morte de seu progenitor, quando a loja enfim foi fechada.

Hoje ele está exposto no James Stewart Museum, inaugurado em Indiana em 1995.



O ator ainda seria indicado ao Oscar mais três vezes, por suas atuações em A Felicidade Não Se Compra (It's a Wonderful Life, 1946), Anatomia de um Crime (Anatomy of Murder, 1959) e Meu Amigo Harvey (Harvey, 1960). Mas não venceu nenhuma delas.

Em 1985 ele receberia um Oscar honorário "por seus cinquenta anos de performances memoráveis, por seus altos ideias dentro e fora das telas, e pelo respeito e carinho que tem por seus colegas".


James Stewart atuou no cinema até 1991, quando dublou um personagem no desenho animado Um Conto Americano - Fievel Vai para O Oeste (An American Tail: Fivel Goes West, 1991). O ator faleceu em 02 de julho de 1997, aos 89 anos de idade.



Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube

0 comentários:

Enviar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil