Bernardo Bertolucci, diretor de 1900 e O Último Tango em Paris, morre aos 77 anos


Morreu nesta segunda, dia 26 de novembro, o cineasta italiano Bernardo Bertolucci, os 77 anos de idade. Bertolucci estava em sua casa, e a imprensa não divulgou a causa da morte, mas o jornal Corriere Della Serra citou "uma longa doença"

Antes de ganhar fama como diretor, Bertolucci trabalhava como Poeta. Ele estreou no cinema em 1961, como assistente de Pier Paolo Pasolini. Dirigiu seu primeiro filme em 1961, mas o reconhecimento veio quando dirigiu Antes da Revolução (1962). Em 1967 escreveu o roteiro de Era Uma  Vez no Oeste (1967), considerado um dos melhores filmes de Sérgio Leone.

Nos Estados Unidos dirigiu O Conformista (1970), que chegou a ser indicado ao Oscar de Melhor Roteiro. Em 1972 dirigiu o polêmico O Último Tango em Paris (1972), que escandalizou o mundo.

 Em 1976 dirigiu a obra prima 1900. Em 1987 o filme O Último Imperador (1987) recebeu nove Oscars, incluindo os prêmios de melhor filme e melhor diretor. Bertolucci ainda faria filmes como O Céu que Nos Protege (1990), O Pequeno Buda (1993), Beleza Roubada (1996) e Os sonhadores (2003).

Leia também: O galã Bradford Dillman

Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube

0 comentários:

Enviar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil