Últimas Notícias

6/recent/ticker-posts

Giuliano Montaldo, diretor de Sacco e Vanzetti (1971), morre aos 93 anos de idade





O diretor, ator e roteirista Giuliano Montaldo morreu no dia 06 de setembro, aos 93 anos de idade. Montaldo é mais lembrado por ter dirigido o clássico Sacco e Vanzetti (1971), que retrata o julgamento e exucação dos anarquistas italianos Nicola Sacco e Bartolomeo Vanzetti, que foram acusados de assassinato injustamente. Por este trabalho, ele foi indicado a Palma de Ouro em Cannes, mas não levou.

Giuliano Montaldo começou a sua carreira como ator, atuando em A Rebelde (Achtung! Bandido!, 1951), e ao longo dos anos contínuou atuando no cinema por muitos anos, mas acabou destacando-se como diretor. Ele começou como assistente, trabalhando com diretores como Carlo Lizzani, Gillo Pontecorvo, Sérgio Leone e Francesco Rosi.

Giuliano Montaldo e Giuseppe Taffarel em A Rebelde

Ele estreou na direção em 1961, e em 1964 dirigiu Extra-Conjugal (Extraconiugale, 1964), que foi aclamado na competição do Festival de Veneza. No ano seguinte, seu filme Vigarice (Una bella grinta, 1965), foi premiado com o prêmio especial do juri no Festival de Berlim.

O cineasta também fez obras para Hollywood, dirigindo A Qualquer Preço (Grand Slam, 1967) e A Fúria dos Intocáveis (Gli Intoccabili, 1969), mas sua consagração na história do cinema veio com o clássico Sacco e Vanzetti (1971).

Outros de seus trabalhos incluem Gionardo Bruno (1973) e a minissérie Marco Polo (1982-1983), que venceu quatro prêmios Emmy. ele também dirigiu Tempo de Matar (Tempo di uccidere, 1989), estrelado por Nicolas Cage.

Além de seus trabalhos no cinema e televisão, Giuliano Montaldo foi um grande diretor de óperas.

Leia também:  Sophia Loren quase foi a primeira atriz a interpretar Tieta do Agreste, e foi a falência por isto

Leia também:  O belo Alain Delon, um dos maiores atores franceses

Leia também:  Claudia Cardinale, a namoradinha da Itália

Leia também: A brasileira Florinda Bolkan, uma estrela internacional

Leia também:  Claudia Cardinale, a namoradinha da Itália

Veja também: Tributo a Rita Moreno

Veja também: Personificações de Carmen Miranda no Cinema

Curta nossa página no Facebook

Se inscreva no nosso canal do Youtube

Siga também nosso Instagram


Postar um comentário

0 Comentários