Últimas Notícias

6/recent/ticker-posts

Morre a cantora Ruth Cardoso, mãe da cantora Martinha e a temida Candinha, dos "Mexericos da Candinha"


Morreu no dia 04 de março a cantora Ruth Cardoso, aos 97 anos de idade. Ruth era mãe da cantora Martinha, que fez sucesso da época da Jovem Guarda, e por um tempo, personificou a fofoqueira Candinha, cujos mexericos assombravam os astros da época.



Ruth Cardoso era o nome artístico de Ruth Vieria Figueiro Cunha, que trabalhou como cantora de rádio em Belo Horizonte, por um curto período, na década de 1950. Como muitas artistas, ela abandonou a carreira para se tornar dona de casa.

No Rádio, teve seu próprio programa, o Canções Internacionais, na Rádio Guarani. Ela não gravou discos comerciais, mas um acetato com a sua voz foi preservado, e hoje pertence ao grande colecionador musical Gilberto Inácio Gonçalves.

O disco, de 78 RPM, nos permite ouvir a voz de Ruth, em duas canções.






Ruth nunca atuou no cinema, mas no final da década de 1940 participou de um curta-metragem educativo, feito pelo Serviço Estadual do Trânsito de Minas Gerais, chamado a Batalha do Trânsito, dirigido pelos irmãos Geraldo e Renato Santos Pereira.

No filme, ela contracena com o marido, Francisco Virgílio Lobato Figueiredo Cunha e com a filha Martinha, ainda criança.


Martinha e Ruth Cardoso em A Batalha do Trânsito

Quando sua filha Martinha, "O Queijinho de Minas" despontou na carreira artística, Ruth sempre acompanhava a filha, tanto que acabou sendo chamada para viver a Candinha no programa Jovem Guarda, apresentando por Roberto Carlos, na TV Record.

O cantor chegou a gravar uma música chamada "Mexericos da Candinha".




Dona Ruth e Martinha, nos tempos da Jovem Guarda



Sinônimo de fofoqueira até os dias de hoje, a personagem Candinha surgiu nas páginas da Revista do Rádio, em 1948. Não existia realmente uma Candinha, e a coluna era escrita por diversos editores da publicação, que usavam o pseudônimo para expor os mexericos que descobriam dos bastidores do cenário artístico, sem comprometer nenhum jornalista.

Na década de 1970 a revista Amiga se apropriou da personagem. E ao contrário do que se pensa, Ruth Cardoso não era a Candinha das revistas impressas, tendo feito a personagem apenas no rádio e televisão.

Ruth era irmã da artista plástica Esthergilda Menicucci, e como a irmã também pintou quadros durante sua vida.



Agradeço as informações e imagens aos Albertos, grandes pesquisadores da cultura nacional, que fizeram um grande perfil da cantora Ruth Cardoso em seu site, que pode ser lida aqui.

Os Albertos são pesquisadores e autores de diversos livros, como a biografia da cantora e atriz Divina Valéria (Divinas Divas). O livro pode ser adquirido neste link.











Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube
Siga também nosso Instagram
Siga também no Kwai

Ajude o site a se manter no ar, contribua com qualquer valor no PIX contatomemoriacine@gmail.com



Postar um comentário

0 Comentários