Ator L. Q. Jones morre aos 94 anos de idade


O veterano ator L. Q. Jones, que conta com quase 200 créditos em sua carreira, e mais lembrando por seus papéis nos filmes do diretor Sam Peckinpah morreu de causas naturais no dia 09 de julho, aos 94 anos de idade.




Justus Ellis McQueen Jr. nasceu no Texas, em 1927. Antes de ser ator, ele teve diversas atividades, tendo se formado em direito na Universidade, ele foi comediante, jogou beisebol profissionalmente e trabalhou em um rancho na Nicarágua.

Foi Fess Parker, o Daniel Boone, seu antigo colega de faculdade, quem sugeriu que ele tentasse a carreira de ator. Ele estreou no cinema no filme Qual Será o Nosso Amanhã (Battle Cry, 1955), onde interpretava um personagem chamado L. Q. Jones.

Acreditando que o papel lhe deu sorte, ele adotou este como seu nome artístico. Nos anos seguintes, ele atuou em pequenos papéis em diversos filmes, e fez muitas aparições em séries de televisão.


Clint Walker e L. Q. Jones em Cheyenne

Em 1960 ele passou a atuar na série Klondike (1960), dirigida por Sam Peckinpah. Logo, tornou-se um dos atores favoritos do diretor, atuando em Pistoleiro do Entardecer (Ride the High Country, 1962), Juramento de Vingança (Major Dundee, 1965), Meu Ódio Será Tua Herança (The Wild Bunch, 1966), A  Morte Não Manda Recado (The Ballad of Cable Hogue, 1970) e Pat Garret e Billy The Kid (Pat Garrett & Billy the Kid, 1973).


L. Q. Jones e Strother Martin em Meu Ódio Será Tua Herança

Com Clint Eastwood, também fez A Marca da Forca (Hang 'Em Hight, 1968), de Ted Post.

Jones atuou até 2006, quando se aposentou. Seus filmes mais recente incluem Cassino (Casino, 1995), No Limite (The Edge, 1997), A Máscara do Zorro (The Mark of Zorro, 1998) e A Última Noite (A Praire Home Companion, 2006), o último filme dirigido por Robert Altman.


L. Q. Jones em Cassino





0 comentários:

Postar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil