A beleza das atrizes clássicas antes do Photoshop


Quando nos referimos as grandes divas da "Era de Ouro de Hollywood", não é incomum ouvirmos comentários como "era uma beleza natural", "mulheres sem plástica", "naquele tempo não havia Photoshop".

Mas tirando a parte do Photoshop, nem sempre isto era verdade! Era comum os grandes estúdios submeterem suas estrelas a cirurgias plásticas, sejam eles homens ou mulheres. As atrizes também tinham seus próprios truques de beleza. Marilyn Monroe fazia a maquiadora usar cinco tons diferentes de batons para delinear seus lábios, já Gloria Grahame colocava algodão dentro da boca para deixar os lábios mais proeminentes. E Marlene Dietrich chegou ao extremo de arrancar alguns dentes para definir melhor as suas maçãs faciais.


Marlene Dietrich antes e depois

As atrizes também se submetiam a horas de musculação e tratamentos diversos, e muitas vezes eram obrigadas a tomarem remédios para emagrecer, como é o caso de Judy Garland, que era obrigada pela MGM a tomar pílulas dietéticas desde a infância.

Junte tudo isto com maquiagem e jogos de luzes, e pronto, está feita a beleza clássica e irretocável das estrelas do passado. Mas elas ainda contavam com outro grande truque, os grandes fotógrafos dos estúdios.

Talvez o mais famoso deles seja George Hurrell, considerado uma "máquina de fotografar estrelas". Hurrell sabia qual o melhor ângulo, a melhor luz e a melhor posição para cada um de seus astros fotografados. È óbvio que eles eram belos, mas ele sabia como ninguém como os deixar perfeitos ao ponto de fazerem milhões de fãs se apaixonarem pelo mundo inteiro.

Hurrell ainda tinha um assistente, o quase esquecido James Sharp, que era responsável por retocar as fotos feitas por Hurrell. Sharp chegava a ficar seis horas tratando uma fotografia, antes dela ir para a distribuição publicitária.

Rugas, manchas na pela, pequenas cicatrizes ou leve papadas eram removidas manualmente, e Sharp chegou a inventar uma máquina que ajudava a melhorar os retratos (era o equivalente ao Photoshop da época). Tudo isto, claro, escondido do grande público. Se os estúdios tinham homens contratados para esconder os escândalos de seus astros, imagina se iriam deixar público a correção de pequenas imperfeições.

Existem muitas fotografias feitas por Hurrell, mas publicamente só conhecemos o resultado final. Poucas foram as imagens que vazaram para a posteridade, e colocamos algumas abaixo. Vale lembrar que retocar fotografias é algo quase tão antigo quanto a própria invenção da fotografia.


Joan Crawford teve linhas de expressão atenuadas por James Sharp


Bette Davis perdeu as olheiras após a intervenção de Sharp


Aqui vemos as marcações de Hurrell, indicando onde trabalhar no rosto de Audrey Hepburn


É obvio que elas eram mulheres lindas, talentosas e fortes, mas até as grandes divas eram submetidas aos padrões estéticos exacerbados, não muito diferente dos dias atuais.


Veja também: A Outra Doris Day

Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube
Siga também nosso Instagram


Um comentário:

  1. Realmente Hoolywood se tornou especialista em disfarçar estas belas mulheres do cinema. Os Homens tbm estavam sujeitos a este tipo de tratamento para ficarem mais glamurosos. Certa vez li que Clark Gable operou as orelhas e arrancou os dentes para usar prótese por influência do estúdio .

    ResponderExcluir

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil