Morre o ator Flávio Migliaccio, aos 85 anos de idade


ator Flávio Migliaccio morreu, aos 85 anos, nesta segunda-feira (04/05). Conhecida figura da televisão, o artista foi encontrado morto nesta manhã em seu sítio, na Serra do Sambê, no Rio de Janeiro.

O corpo do ator foi encontrado pelo caseiro do sítio, que avisou a Polícia Militar. Ainda não se sabe a causa da morte nem informações sobre o velório e o enterro do ator Flávio Migliaccio.




Flávio Migliaccio nasceu na cidade de São Paulo, no bairro do Brás. É um dos filhos de uma família de dezessete irmãos, entre eles a atriz e comediante Dirce Migliaccio, já falecida.
Casado com Ivone Miglliaccio, e pai do jornalista Marcelo Miglliaccio, Flávio Migliaccio iniciou atuando em peças de teatro na periferia de São Paulo, onde logo descobriu a sua veia cômica. Participou de um grupo de teatro da igreja de Tucuruvi onde ficou três anos, até chegar a ator principal e diretor. Como precisava ganhar dinheiro, no entanto, teve que arrumar outras ocupações, trabalhando como balconista e mecânico. Em 1954, depois de fazer o curso de teatro do diretor italiano Ruggero Jacobbi, Flávio começou sua carreira de ator profissional no Teatro de Arena. O seu primeiro papel foi o de um cadáver, na peça Julgue Você.[1]
Flávio era muito conhecido pelo seu papel de Xerife na série de TV brasileira Shazan, Xerife e Cia., e pelo papel de Tio Maneco, na série exibida pela TVE. Na Rede Globo pôde ser visto com grande destaque nas novelas Rainha da SucataPerigosas PeruasA Próxima VítimaVila MadalenaSenhora do Destino e Passione, entre muitas outras.


No cinema, estreou em O Grande Momento (1956), de Roberto Santos, e fez inúmeros filmes ao longo de sua carreira, incluindo clássicos como Terra em Transe (1967) e o sucesso Maneco, O Super Tio (1978), do qual também foi diretor. Seu último trabalho no cinema foi em Verônica (2009).




Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube

0 comentários:

Publicar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil