Morre o escritor Rubem Fonseca




Morreu no início da tarde no Rio de Janeiro um dos maiores escritores do Brasil, Rubem Fonseca.

A menos de um mês de completar 95 anos, Fonseca sofreu um infarto hoje, perto da hora do almoço, em seu apartamento, no Leblon. Foi levado imediatamente ao hospital Samaritano, onde morreu.
Talvez o maior cronista brasileiro da segunda metade do século XX, Rubem Fonseca é autor, entre outros, de "Feliz ano novo" (1976), "A cólera do cão" (1963), "O cobrador" (1979). Seu último livro de contos inéditos foi lançado há dois anos, "Carne crua".7
No cinema, foi roteirista de Lúcia McCartney, Uma Garota de Programa (1971), Relatório de Um Homem Casado (1974), A Extorsão (1975), Stelinha (1990), A Grande Arte (1991), entre outros.  Diversas de suas obras também foram adaptadas para o cinema e televisão, como a minissérie Agosto (1993) e o longa metragem O Homem do Ano (2003). Por Stelinha, ganhou o prêmio de melhor roteirista no Festival de Cinema de Gramado.


Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube

0 comentários:

Publicar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil