Morre a jornalista Cecília Thompson, aos 82 anos de idade


A jornalista Cecília Thompson morreu na quinta-feira, dia 18 de abril, aos 82 anos e idade.

Cecília foi jornalista, escritora, tradutora e atriz, e nasceu em São Paulo, em 29 de junho de 1936. Embora formada em jornalismo pela Universidade Cásper Libero, Cecília iniciou sua carreira como atriz, no Teatro de Arena.


Foi nos palcos do Arena que ela conheceu o ator e dramaturgo Gianfrancesco Guarnieri, com quem se casou em 19 de maio de 1958.

Ao lado de Guarnieri, ela atuou em um único filme, O Grande Momento (1958), de Roberto Santos. Em 1959 o casal viajou para Portugal para apresentar a peça Gimba, Presidente dos Valentes. Cecília viajou de naviu grávida de nove meses, e acabou dando à luz ao seu primeiro filho, o também ator Flávio Guarnieri em Lisboa, uma semana após desembarcar. Flávio faleceu em 2016, aos 56 anos de idade.

Cecília também era mãe do ator Paulo Guarnieri, nascido em 1962.  Ela e Gianfrancesco se separaram em 1965.

Cecília Thompson entre os filhos

Durante 15 anos ela esteve à frente das colunas "São Paulo Reclama" e "Seus Direitos", no jornal O Estado de S. Paulo. Faz parte do conselho editorial do Pedaço da Vila desde as primeiras edições e escreve a coluna "Vila Reclama", ajudando os moradores a resolverem uma série de problemas do bairro.Traduziu livros como Grito Calado, Atrás das Grades, de Yamila Salerno, e Os Forjadores do Mundo Moderno (junto com João Neves dos Santos e Leôncio M. Rodrigues Neto), de Louis Untermeyer, publicado em 1964. Cecilia foi uma das leitoras que tiveram cartas censuradas na revista Veja durante a ditadura — sua carta continha referências à própria censura.

A morte da jornalista foi divulgada por seu neto em sua rede social, mas a causa da morte não foi informada.


 Leia também: Morreu a atriz Cidinha Milan


Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube

0 comentários:

Enviar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil