Morre o ator italiano Luigi Giuliani, de Bocaccio 70



O ator e modelo italiano Luigi Giuliani, que atuou ao lado de Sophia Loren no clássico Bocaccio 70 (Boccaccio 70, 1962) e com Sarita Montiel em A Rainha do Chantecler (La reina del Chantecler, 1962), morreu em Lazio, Itália, no dia 21 de dezembro de 2018, aos 78 anos de idade.

Luigi nasceu na Toscana, Itália, em 18 de julho de 1940. Ele atuou em 14 filmes entre 1961 a 1966. Ele estreou no cinema sob direção de René Clement em Que Alegria de Viver! (Che gioia vivere, 1961), estrelado por Alain Delon

Em seu terceiro filme, Bocaccio 70 (Boccaccio 70, 1962), viveu o Gaetano no segmento "La Riffa", dirigido por Vittorio De Sica. Giuliani fazia par romântico com Sophia Loren, e este é seu filme mais famoso. No mesmo ano fez A Rainha do Chantecler (La reina del Chantecler, 1962), ao lado da espanhola Sarita Montiel. Ele também atuou em Vidas Vazias (La Noia, 1963), filme que a atriz Bette Davis fez na Itália, com o diretor Damiano Damiani.


 Luigi Giuliani e Sophia Loren em Bocaccio 70

 Sarita Montiel e Luigi Giuliani em A Rainha do Chantecler

O ator seguiu aparecendo em filmes como  A Ilha dos Amores Proibidos (L'isola di Arturo, 1962) e Carmen 70 (Carmen di Trastevere, 1962). Usando pseudônimos, atuou em dois Western Spaghetti. Com o nome de  Luis McJulian protagonizou O Implacável Colt de Gringo (La venganza de Clark Harrison, 1966) e como Jim Red estrelou Um Xerife Todo de Ouro (Uno Sceriffo Tutto D'Oro (1966).

Como Luis McJulian em O Implacável Colt de Gringo

Ele deixou a carreira de ator em 66, e passou a ser porta voz da grife Empório Armani, onde também trabalhou como modelo no começo de carreira.


 Leia também: O Belo Alain Delon
Curta nossa página no Facebook

Se inscreva no nosso canal do Youtube

0 comentários:

Enviar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil