Geraldine Chaplin, uma senhora atriz


Conheça mais sobre a filha de Charles Chaplin, que despontou no cinema no clássico Doutor Jivago (Doctor Zhivago, 1965).



Geraldine Leigh Chaplin nasceu em Santa Monica, Califórnia (EUA), em 31 de julho de 1944. Filha do lendário ator Charles Chaplin e de sua quarta esposa Oona O'Neill (filha do dramaturgo Eugene O'Neill), Geraldine iniciou-se na vida artística como modelo e bailarina.

Geraldine com o pai, Charles Chaplin

O diretor David Lean ficou impressionado com ela e a convidou para viver Tonya em Doutor Jivago (Doctor Zhivago, 1965), a esposa de Jivago (Omar Shariff). Por este papel, ela foi indicada ao Globo de Ouro de atriz revelação.

Material promocional de Dr. Jivago

Porém, Geraldine não era uma completa estreante nas telas. Ela já havia feito uma pequena participação em Luzes de Ribalta (Limelight, 1952), ao lado de seu famoso pai. Na época, ela tinha apenas 8 anos de idade.

Mas foi só a partir de Dr. Jivago que sua carreira deslanchou.

Geraldine Chaplin em sua estréia no cinema, em Luzes da Ribalta

Após atuar em alguns filmes norte-americanos, como Casino Royale (Idem, 1967), Gerações em Conflitos (Stranger in the House, 1967) e A Condessa de Hong Kong (A Contess from Hong Kong, 1967) ela passou a atuar em produções europeias. Ainda em 1967 atuou em Peppermint Frappé (1967) de Carlos Saura. O filme não foi muito bem sucedido, mas Geraldine e Saura se apaixonaram e viveram juntos por 12 anos, embora nunca tenham se casados.

A parceria com Saura rendeu diversos filmes, todos feitos na Espanha, dos quais destacamos Ana e os Lobos (Ana y Los Lobos, 1973), Cria Cuervos (1976) e Mamãe Faz Cem Anos (Mamá Cumple Cien Años, 1979).

Geraldine e José María Prada em Ana e os Lobos

Na Europa, a atriz filmou com diretores importantes como Jacques Rivette, Claude Lelouch, Alain Resnais e Jane Birkin.

Em produções norte-americanas, destacou-se em O Senhor das Ilhas (The Hawaiians, 1970), com Charlton Heston; Os Três Mosqueteiros (The Three Musketeers, 1973); Nashville (Idem, 1975); Oeste Selvagem (Buffalo Bill and the Indians, ou Sitting Bull's History Lesson, 1976) e A Maldição do Espelho (The Mirror Crack'd, 1980).

Geraldine Chaplin e Elizabeth Taylor em A Maldição do Espelho

Ela interpretou a avó Hannah em Chaplin (Idem, 1992), cinebiografia sobre a vida de seu pai (com Robert Downey Jr. como Chaplin). Na década de 1990, foi dirigida por Martin Scorcese em A Época da Inocência (The Age of Innocence, 1993) e por Franco Zefirelli em Jane Eyre - Encontro com o Amor (Jane Eyre, 1996). Também interpretou Madre Teresa de Calcutá em Madre Teresa - em Nome dos Pobres de Deus (Mother Teresa: In the Name of God's Poor, 1997). Com Pedro Almodóvar trabalhou em Fale com Ela (Hable con Ella, 2002).

Com Robert Downey Jr. em Chaplin

Em 2014, ela esteve no Brasil lançando o filme Dólares de Areia (Dólares de Arena, 2014), exibido na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo.

Geraldine em São Paulo em 2014

Com mais de 150 trabalhos no currículo, ela contínua em plena atividade. Geraldine está no elenco de Jurassic World: O Reino Está Ameaçado (Jurassic World: Fallen Kingdom, 2018).

Na pré estreia de Jurassic World: O Reino Está Ameaçado 

Atualmente ela é casada com o diretor de cinema chileno Patricio Castilla, com quem se casou em 2006. A atriz tem residência em Miami, Madri e na Suíça.


Se inscreva no nosso canal do Youtube

0 comentários:

Enviar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil