Últimas Notícias

6/recent/ticker-posts

Série da Netflix provoca polêmica por retratar Cleópatra negra



A Netflix esta em meio a uma polêmica por produzir uma série documental sobre Cleópatra, a lendária Rainha do Egito. A polêmica se dá porque pela primeira vez a personagem histórica é interpretada por uma atriz negra, a britânica Adele James.

O site oficial do canal de streamig precisou desativar os comentários devido a enxurrada de comentários de haters, criticando a escolha da protagonista, que também está recebendo uma chuva de ódio e comentários racistas em suas redes sociais.

Cleópatra já foi interpretada diversas vezes no cinema, e a versão mais famosa da vida da monarca foi estrelada pela atriz Elizabeth Taylor, em 1963.

Um advogado chegou a entrar com um processo contra a Neflix, acusando a produtora de "violar as leis da mídia e tentar apagar a identidade da egípcia". Os críticos afirmam que apesar de origem africana, Cleópatra tinha ascendência grega, porém historiadores renomados constatam que essa ascendência é altamente debatida.

A atriz Jada-Picket Smith, que é produtora da série declarou que a escolha de James foi justamente para debater sobre a raça da governante, que por séculos vem sendo deturpada, e ainda ressaltou a importância da representatividade de uma rainha histórica negra para a história da humanidade.

Recentemente a atriz Halle Bailey também sofreu ataques racistas ao ser escolhida para viver A Pequena Sereia no cinema.





Veja também: As Adaptações de A Pequena Sereia






Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube
Siga também nosso Instagram
Siga também no Kwai

Ajude o site a se manter no ar, contribua com qualquer valor no PIX contatomemoriacine@gmail.com



Postar um comentário

0 Comentários