O ator Wayne McLaren, o Cowboy da Malboro que morreu de câncer de pulmão


Entre 1954 e 1999 o cigarro Malboro usou a figura de um cowboy para fazer suas campanhas publicitárias. A ideia de usar cowboys era uma estratégia para promover os cigarros para o publico masculino, já que o Malboro inicialmente era um produto para as mulheres.




O primeiro cowboy foi o ator Christian Harem, que havia feito alguns trabalhos na MGM. Foram muitos os atores que dividiram o papel, como Paul Birch e Brad Johnson, e a partir de 1963 a publicidade também passou a contar com a música tema de Sete Homens e um Destino (The Magnificent Seven, 1960), composta por Elmer Bernstein.



Em 1976 o ator Wayne McLaren assumiu o posto de cowboy garoto propaganda da Malboro. 





Wayne McLaren era o nome artístico de Lawrence Gilbert McLaren, um ator, dublê e peão de rodeios nascido na Louisiana, em 12 de setembro de 1940.

Wayne fez alguns trabalhos no cinema e televisão, estreando como ator em uma participação na série Quest, em 1963. Na TV, atuou em séries como Missão Impossível (Mission Impossible), Mod Squad, The F.B.I., Gunsmolke e Cannon.

No cinema, apareceu em Os Aventureiros do Ouro (Paint Your Wagon, 1969), Dez Segundos de Perigo (Junior Bonner, 1972), Amor Selvagem (Cry For Me, Billy, 1972) e Cavalgando com a Morte (The Honkers, 1972).

Fumante por 30 anos, Wayne McLaren desenvolveu câncer de pulmão, e passou a ser um ativista contra a indústria tabagista. A Malboro alegou que ele nunca havia trabalhado para a marca, e o ator provou que havia sido um dos "cowboys da Malboro", apresentando além de fotos publicitárias os recibos de pagamentos que havia recebido na época.

Pouco antes de morrer, seu irmão, Charles McLaren produziu um comercial, que mesclava as imagens dos cowboys glamurosos e másculos, com imagens de Wayne na cama de hospital, respirando através de tubos de oxigênio.

O comercial era um alerta sobre um estilo de vida vendido pela publicidade, sem levar em conta os riscos para a saúde.






Pouco tempo depois, em 22 de julho de 1992, Wayne McLaren morreu de câncer de pulmão, com apenas 51 anos de idade. Os atores David McLean e Dick Hammer, que também foram cowboys da Malboro morreram da mesma doença, bem como os modelos Eric Lawson e Jerome Edward Jackson, que igualmente trabalharam como garotos propaganda da marca.


0 comentários:

Postar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil