Cantora e atriz Vera Lynn morre aos 103 anos de idade


A cantora inglesa Vera Lynn, que na década de 40 foi uma das cantoras mais populares do país durante a Segunda Guerra Mundial, faleceu no dia 18 de junho de 2020, aos 103 anos de idade. Sua família informou que a artista faleceu em casa, cercada pelos parentes, mas não divulgou a causa da morte.


Durante a guerra, Vera Lynn embalou as tropas de soldados com suas canções, e a música "We'll Meet Again" (Vamos nos Encontrar de Novo) foi uma das mais executadas e ouvidas no período. Aos 30 anos de idade, ela vendeu mais de um milhão de discos.


Aos 92 anos voltou a gravar, e seu CD chegou a posição número 1 no ranking de vendas britânicos. E a canção "We'll Meet Again" voltou as paradas de sucesso em 2020, durante a pandemia do Coronavírus, e chegou a ser citada pela Rainha Elizabeth durante um pronunciamento em abril.

Nascida em East Ham, Londres, em 20 de março de 1917, ela começou a cantar aos 11 anos de idade. Em 1939 ela foi votada como a cantora mais popular entre os soldados ingleses, ganhando o apelido de "A Namorada das Forças Armadas".



Suas músicas fizeram parte de diversas trilhas sonoras na história do cinema. O tema We'll Meet Again, cantado por Vera Lynn surge na cena final do filme Dr. Estranho (Dr. Strangelove) de Stanley Kubrick. No início do filme Pink Floyd : The Wall, ouve-se a canção The Little Boy that Santa Claus Forgot gravada por Vera Lynn. A música Vera, do álbum The Wall, foi feita em sua homenagem.

Ela também foi atriz, e estreou no cinema em 1935. Atuou em quatro filmes, e chegou a ser protagonista de Bonita e Teimosa (One Exciting Night, 1944).








Curta nossa página no Facebook 
Se inscreva no nosso canal do Youtube

0 comentários:

Publicar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil