Morre o cantor Roberto Vidal, primeiro interprete de Negue, aos 85 anos de idade


O cantor paulista Roberto Vidal, o primeiro interprete da canção Negue de Adelino Moreira (sucesso na voz de Nelson Gonçalves) faleceu aos 85 anos de idade.

Roberto Vidal era o nome artístico de Pedro Sidnei Grigoletto, nascido no bairro do Ipiranga em São Paulo, em 28 de julho de 1933. Com apenas seis anos de idade o artista perdeu a mãe, quando atravessou a rua descuidadamente, e ao perceber que seu filho iria ser atropelado, sua genitora jogou-se em frente ao carro para salvá-lo, fato que o marcou por toda vida. A música tornou-se um alento para curar as cicatrizes.

Roberto Vidal iniciou sua carreira cantando em 1957. Em 1958 ficou em segundo lugar no concurso A Voz de Ouro do ABC e no ano seguinte tornou-se profissional ao tornar-se vencedor do concurso foi vencedor do certame Calouros em Desfile, promovido pela TV Record, passando a apresentar-se regularmente no programa Astros do Disco. Contratado pela Rádio Nacional de São Paulo em 1959, passou a adotar o nome Roberto Vidal, passando também a atuar na televisão OVC (Organizações Victor Costa), futuramente, TV Paulista.


Gravou oito discos de 78 rpm, um LP sem título selo RCA Camden, datado de 1961 e finalmente o LP A Volta do Boêmio, selo Tropicana/CBS, datado de 1972, com direção artística de Roberto Stanganelli.

Roberto Vidal teve uma carreira curta, mas com alguns grandes méritos, como ser o primeiro a gravar o samba-canção Negue (em 1960), de Adelino Moreira e Enzo de Almeida Passos. Foi ainda o intérprete da gravação original  de Maria Helena, samba canção clássico de Adelino Moreira, que seria também gravado por Nelson Gonçalves, um ano depois.

Roberto Vidal canta Negue



Roberto Vidal faleceu aos 85 anos de idade, em 04 de janeiro de 2019. Sua morte foi completamente esquecida pela grande imprensa, que nada noticiou.

 Roberto Vidal em foto recente


Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube

2 comentários:

  1. https://jornalggn.com.br/memoria/uma-homenagem-a-roberto-vidal/

    ResponderEliminar
  2. Fiquei fã do Roberto Vidal por causa de 'Quatro velas'... uma música muito triste que contava a história do final de um amor devido à morte de um dos cônjuges (o juiz Moro ainda não tinha nascido)...

    ResponderEliminar

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil