O ator Kenny Miller, astro de filmes B


Kenny Miller foi um ator coadjuvante de inúmeros filmes adolescentes das décadas de 50 e 60.

Filho de missionários religiosos, Kenny desejava ser ator desde os oito anos de idade, quando assistiu O Mágico de Oz (The Wizard of Oz, 1939), nos cinemas. Mas o menino escondeu o desejo dos pais, que não o permitiam nem mesmo ir ao cinema (ele fora escondido).

Aos 15 anos fugiu de casa e foi de carona para Los Angeles, para tentar realizar seu sono. Mas ao chegar, descobriu que o pai caiu doente, e voltou para casa. Poucos anos depois, o seu pai faleceu, e ele finalmente pode realizar seu desejo.

Kenny estreou no cinema em um pequeno papel em Meu Amigo, o Leão (Fearless Fagan, 1952), dirigido por Stanley Donen. Após estrear no cinema, precisou deixar seu sonho de lado para prestar o serviço militar obrigatório, retornando às telas dois anos depois.

O ator nunca tornou-se um astro. Geralmente ficou relegado a papéis de delinquentes juvenis membro de gangues. Papel que fez em filmes como Vidas Amargas (East of Eden, 1955), Mocidade Rebelde (The Young Guns, 1956), O Crime Caminha Pela Noite (1957), A Delícia de Um Dilema (1958) e A Marca da Maldade (Touch of By Evil, 1958).

Kenny Miller, o primeiro a esquerda, e a gangue adolescente de A Marca da Maldade

Mas foram nos filmes de baixo orçamento, feitos para adolescentes (geralmente para exibição em Drive Ins) que Kenny teve seus melhores papéis. Ele apareceu em filmes de terror hoje considerado cults, como Eu Fui um Lobisomem Adolescente (I Was a Teenage Werewolf, 1958) e Attack of the Puppet People (1958).

Também atuou em filmes da "turma da praia", como Rockabilly Baby (1957), Going Steady (1958) e Surf Party (1964). Na década de 60, apresentou em turnês pelo mundo como dançarino de Twist.

Teve certo destaque em uma grande produção, atuando em Corsário Sem Pátria (The Bucaner, 1958). Em 1976 deixou a carreira, após atuar no filme de "Terror B" Blood Stalker (1979), seu único trabalho como protagonista. A partir dos anos 2000 passou a ser um ator cult, sendo chamado para diversas conveções de sci-fi e de filmes de terror. Também voltou a atuar em alguns filmes independentes.


Com Michael Landon (O Homem que Veio do Céu) em um Fui um Lobisomem Adolescente

Como um dos "puppet people"

Com Bobby Vinton em Surf Party

Com a cantora Molly Bee, com quem se casou

 Com Anthony Quinn no intervalo de Corsário Sem Pátria

 Cartaz de Bloodstalkers

Kenny Miller faleceu em 08 de maio de 2017, aos 85 anos. Seus filhos pediram para as pessoas não levassem flores em seu funeral, mas que doassem o dinheiro para a fundação de amparo aos animais de Doris Day, seu último pedido em vida.

0 comentários:

Enviar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil