Louise Fletcher agradeceu seu Oscar na linguagem dos sinais


Em 1976 a atriz Louise Fletcher recebeu o Oscar de atriz Coadjuvante por seu papel como a sádica enfermeira em Um Estranho no Ninho (One Flew the Cuckoo's Nest, 1975).



Estelle Louise Fletcher nasceu em 22 de julho de 1934, em Birmingham, Alabama. Seus pais eram surdos, e seu pai, que era pastor, trabalhava com deficientes auditivos. Louise só aprende a falar aos cinco anos de idade, com a ajuda de uma tia. E foi para agradecer aos seus pais, que a atriz fez parte do seu discurso do Oscar em libras (a linguagem dos sinais).

Louise Fletcher agradecendo ao Oscar
Se inscreva no nosso canal no Youtube

Após se formar na Universidade da Carolina do Norte, ela viajou para Los Angeles com seus colegas de quarto de faculdade. Sem dinheiro para voltar para casa, ela começou a trabalhar na cidade, como recepcionista.

Ao mesmo tempo, começou a tomar aulas de interpretação a noite. Em 1958 ela estrou na televisão. Logo começou a aparecer em muitas séries de TV como Playhouse 90, Bat Masterson, Lawman, Maverick, 77 Sunset Strip e Os Intocáveis (The Untouchables).

Com James Garner em Maverik

Louise fez sua estréia no cinema no filme Águias em Alerta (A Gathering of Eagles, 1963), estrelado por Rock Hudson e Rod Taylor. Mas após atuar neste filme afastou-se da carreira para dedicar-se a família. Em 1959 ela havia se casado com o produtor Jerry Brick, e deixou de atuar quando seus filhos nasceram.

Ela voltou a carreira 11 anos depois, atuando em Renegados Até a Última Rajada (Thieves Like Us, 1974), de Robert Altman. O filme era estrelado por Keith Carradine e Shelley Duvall, e produzido por seu marido.

Louise Fletcher e Shelley Duvall em
Renegados Até a Última Rajada

Ambas as atrizes chamaram a atenção do diretor Milos Forman, que testou as duas para o papel da enfermeira Ratched de Um Estranho no Ninho (One Flew the Cuckoo's Nest, 1975). Louise acabou ficando com o papel da sádica enfermeira do sanatório onde está internado Jack Nicholson. Tanto Louise quanto Nicholson ganharam um Oscar por seu trabalho, bem como o diretor Milos Forman. O filme também ganhou o prêmio de melhor filme do ano.


Após o filme, atuou com Peter Falk em O Detetive Desastrado (The Cheap Detective, 1978), e em O Exorcista II: O Herege (Exorcist II: The Heretic, 1978), com Richard Burton.

Mas sua carreira nunca emplacou, e apesar de ter ganho um Oscar, nunca tornou-se uma estrela. Na década de 80 atuou muito, mas poucas produções deram destaque para a sua carreira. Atuou em Projeto Brainstorm (Brainstorm, 1983), último filme da atriz Natalie Wood. E teve quase todas as suas cenas em Era Uma Vez na América (Once Upon a Time in America, 1984).

Cliff Robertson, Natalie Wood, Joe Dorsey, Louise Fletcher, Christopher Walken
em Projeto Brainstorm

Nesta época, atuou em clássicos da ficção científica e do terror, como Chamas da Vingança (Firestarter, 1984), Invasores de Marte (Invaders from Mars, 1986) e Flores no Sótão (Flowers in the Attic, 1987). Também atuou em O Garoto que Podia Voar (The Boy Who Could Fly, 1986).

Louise em Invasores de Marte

Na década de 90 atuou em muitas produções baratas, algumas feitas diretamente para a distribuição caseira em vídeo. Chegou a fazer filmes eróticos soft, como Mistério, Sedução E... Morte! (Blind Vision, 1992). As exceções são filmes como Jogo Perigoso (Blue Steel, 1990) e Segundas Intenções (Cruel Intention, 1999). Em 1992 fez ela mesmo em O Jogador (The Player, 1992), do diretor Robert Altman.

Com Ryan Phillipe e Reese Witherspoon em Segundas Intenções

Na televisão, teve chances melhores nos últimos anos, atuando nas séries VR.5 (1995-1997) e Jornada nas Estrelas: Deep Space Nine (Star Trek: Deep Space Nine, 1993-1999). Recebeu duas indicações ao Prêmio Emmy como atriz convidada nas séries Picket Fences (em 1996)  Joan of Arcadia (em 2004).

Em Jornada nas Estrelas: Deep Space Nine

A atriz ainda trabalha, sem muito destaque. Ela fez a Martha Wilson em O Natal de Dennis, O Pimentinha (A Dennis the Menace Christmas, 2007), ao lado do veterano Robert Wagner. Entre 2011 e 2012 fez participações na série No Limite (Shameless), e também participou do filme Um Homem Perfeito (A Perfect Man, 2013). Seu último trabalho como atriz foi na série Girlboss, em 2017.

Com Britt Robertson em Girlboss

Louise Fletcher atualmente


Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube

0 comentários:

Enviar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil