Relembrando Verne Troyer, de Austin Powers


O ator Verne Troyer ficou famoso pelo personagem Mini Me dos filmes de Austin Powers, papel que lhe deu muita popularidade no começo dos anos 2000. Verne recebeu muitos convites  para atuar, participou de video clips da Madonna e apareceu em muitos programas de televisão.

Ele também recebeu como prêmio de ator, no MTV Movie Awards. Medindo apenas 81 centímetros, Verne sofria de acondroplasia nanismo, e era considerado um dos menores homens do mundo.



Verne Jay Troyer nasceu em Sturgis, Michigan, em 01 de janeiro de 1969. Verne nasceu em uma família Amish, mas seus pais abandonaram a comunidade quando ele ainda era criança, embora ele tenha crescido convivendo com a fé Amish.

Sua carreira no cinema começou quando um ex-presidente da associação Little People of America o contratou para ser dublê do bebê em Ninguém Segura Este Bebê (Baby's Day Out, 1994). Após dublar outros filmes, estreou como ator em Pinóquio, o Perverso (Pinocchio's Revenge, 1996), um filme de terror de baixo orçamento, onde ele interpretava o boneco Pinóquio.

Verne não aparecia propriamente para o público, já que estava fantasiado com a fantasia de Pinóquio.


Verne  Troyer Pinóquio, o Perverso


A primeira vez que seu rosto apareceu em cena foi em Um Herói de Brinquedo (Jingle All the Way, 1996), onde interpretou um mini Papai Noel contrabandista e picareta, que luta com Arnold Schwarzenegger.



Verne Troyer em Um Herói de Brinquedo 


Ele ainda atuou em pequenos papéis em MIB - Homens de Preto (Men in Black, 1997), O Mestre dos Desejos (Wishmaster, 1997), Poderoso Joe (Mighty oe Young, 1998) e Meu Gigante Preferido (My Giant, 1998). Neste último, Verne lutou contra Gheorge Muresan, um lutador de basquete que fez alguns poucos trabalhos como ator. Muresan mede 2,31 de altura, e é o jogador mais alto cadastrado na NBA.


Verne Troyer e Gheorge Muresan em Meu Gigante Preferido


Verne Troyer em MIB - Homens de Preto


O diretor Jay Roach marcou uma reunião com Verne Troyer para discutir o papel de Mini Me em Austin Powers: o Agente 'Bond' Cama (Austin Powers: The Spy Who Shagged Me, 1999). Austin Powers e sua trupe haviam sido criados por Mike Myers e Jay Roach, e o diretor ficou impressionado com o pequeno ator. Ele reescreveu o roteiro para lhe dar mais espaço na tela, e eliminou sua morte, que deveria acontecer no primeiro filme.


Verne Troyer em Austin Powers: o Agente 'Bond' Cama 


Ele repetiria o papel de mini assistente de vilão em em Austin Powers em o Homem do Membro de Ouro (Auistin Powers in Goldmember, 2002). Ambos eram paródias dos filmes de James Bond, e estrelados por Mike Myers.


Verne Troyer e Mike Myers


Após o sucesso do filme, ele recebeu muitos convites, e esteve em filmes como O Grinch (How the Grinch Stole Christmas, 2000) e Jimmy Bolha (Bubble Boy, 2001). Ele também interpretou o Griphook em Harry Potter e a Pedra Filosofal (Harry Potter and the Sorcerer's Stone, 2001). 



Verne Troyer em Harry Potter


Seu porte físico, entretanto, limitava os papéis do ator, que começou a aparecer em filmes menores como Dinheiro Sujo (hard Cash, 2002), Pauly Shore Está Morto (Pauly Shore Is Dead 2003) e também fez alguns trabalhos em séries de televisão..

Também participou de alguns reality shows, muitos deles de gosto duvidoso, como The Surreal Life (2005), Welcome to Sweden (2007) e Celebrity Big Brother (2009), na Inglaterra.






O ator também era frequentemente retratado nas colunas de fofocas, que publicavam seus escândalos, polêmicas e seu problema com o alcoolismo. Em 2008 também vazou um vídeo fazendo sexo com sua ex-namorada Ranae Shrider.




Ranae Shrider e Verne Troyer


Após passar um tempo em uma clínica de reabilitação, Mike Myers o chamou para atuar na comédia O Guru do Amor (The Love Guru, 2008), que não fez tanto sucesso.



Verne Troyer e Mike Myers em O Guru do Sexo


Terry Gilliam também lhe deu um bom papel em O Mundo Imaginário de Dr. Parnassus (The Imaginarium of Doctor Parnassus, 2009), que foi o último trabalho de Heath Ledger.



Heath Ledger e Verne Troyner em O Mundo Imaginário de Dr. Parnassus


O ator ainda faria alguns filmes menores, muitos deles, como Hipsters, Gangsters, Aliens and Geeks (2019) e The 420 Movie: Mary & Jane (2020), só foram lançados após a sua morte.

Em depressão, o ator cometeu suicídio em 21 de abril de 2018, aos 49 anos de idade.




Um comentário:

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil