Últimas Notícias

6/recent/ticker-posts

Morre a atriz Gayle Hunnicutt, aos 80 anos de idade





A atriz Gayle Hunnicutt morreu no dia 31 de agosto, aos 80 anos de idade, a causa da morte, entretanto, não foi divulgada.

Alain Delon e Gayle Hunnicutt em Scorpio (1973)

Gayle Hunnicutt começou na carreira artistica como modelo, mas desde a adolescência já estava determinada a ser atriz. Ela ganhou uma bolsa de estudos para estudar atuação na Universidade da Califórnia, e durante o curso, foi incentivada por um diretor visitante a investir no cinema. O convidado era ninguém menos que o lendário diretor francês Jean Renoir.

Sua trajetória começou a deslanchar quando ela foi contratada por um caçador de talentos da Warner Bross, que a levou para a televisão, na década de 1960. Em 1966 ela estreou no cinema em um pequeno papel no clássico da contracultura Os anjos Selvagens (The Wild Angels, 1966).

Ela conseguiu um papel melhor depois que o ator George Peppard convenceu o diretor John Guillermin que ela era a atriz idela para viver uma femme fatale em Uma Nova Cara no Inferno (P.J., 1967). Depois, ela contracenou com Michael Sarrazin em Os Felinos (Eye of Cat, 1969).

Gayle Hunnicutt no cartaz de Uma Nova Cara no Inferno

Em 1969 ela contracenou com James Garner em um de seus papéis mais famosos, Detetive Marlowe em Ação (Marlowe, 1969). No ano seguinte, atuou em Tortura de Um Pesadelo (Fragment of Fear, 1970), no qual contracenou com o ator David Hemmings, com quem havia se casado em 1968. Posteriormente Hemmings a dirigia em Running Scared (1972).

Gayle Hunnicutt e David Hemmings em Tortura de Um Pesadelo

A união com Hemmings foi turbulenta, e chegou ao fim após sete anos. O casal teve um filho, o também ator Nolah Hemmings (da série Band of Brothers). O casamento com o ator ingês fez com que Gayle se mudasse para Inglaterra, fazendo com que ela atuasse em muitas produções européis na década de 1970.

Ao lado de Alain Delon atuou em Scorpio (1973) e com Roddy McDowall fez o terror A Casa da Noite Eterna (The Legend of Hell House, 1973).

Roddy McDowall e Gayle Hunnicutt em A Casa da Noite Eterna

A partir da década de 1970 Gayle passou a atuar mais na televisão inglesa do que no cinema. E foi na televisão que ela conheceu seu segundo marido, o jornalista e locutor da BBC Simon Jenkins, com quem teve seu segundo filho.

Gayle Hunnicutt também faria outros filmes nos Estados Unidos, como O Alvo da Morte (Target, 1985) e Pesadelo Cruel (Dream Lover, 1986), e entre 1989 e 1991 fez parte do elenco de Dallas, um grande sucesso da televisão norte-americana.

Em 1999 ela se aposentou da carreira artística.

Gayle Hunnicutt em Dallas


Leia também: O grande Alan Bates

Leia também: Por Onde Anda Richard Chamberlain

Leia também:  A breve e talentosa Sandy Dennis

Leia também:  Faye Dunaway completa 81 anos de idade

Leia também:  Os irmãos Jinx e Bob Falkenburg, ela atriz e ele o tenista que trouxe ao Brasil a primeira rede de fast food, o Bob's

Veja também: Tributo a Rita Moreno

Veja também: Mães Famosas do Cinema e TV

Veja Também: Os Artistas que Morreram em 2021

Veja também: Os Artistas que Morreram em 2022 - In Memoriam

Veja também: As Versões Bizarras de O Exorcista

Veja também: Todd Talbot, de Ame-a ou Deixe-a Vancouver, já foi ator

Curta nossa página no Facebook

Se inscreva no nosso canal do Youtube

Siga também nosso Instagram


Postar um comentário

0 Comentários