Michel Ray, o menino ator, de origem brasileira, que se tornou um dos homens mais ricos do Reino Unido


Em 1956 a RKO produziu o filme Arenas Sangrentas (The Brave One, 1956), que tinha roteiro de Dalton Trumbo. O filme, sobre touradas, era estrelado pelo ator mirim Michel Ray, de doze anos de idade.

Este era o segundo filme do menino, que teve uma carreira relativamente curta, mas cuja trajetória de vida daria um belo roteiro em Hollywood. Filho de pai brasileiro, o menino ator deixou a atuação para se tornar atleta olímpico, e posteriormente, um dos homens mais ricos do Reino Unido, com uma fortuna avaliada em mais de 4 bilhões de dólares.


Michel Ray na verdade chama-se Michel Ray Popper de Carvalho. E apesar de ter nascido na Inglaterra, em 21 de julho de 1944, ele é filho de um diplomata brasileiro com uma inglesa.

O menino foi educado na Suíça, onde costumava praticar esqui. Ele estreou no cinema no filme inglês Corações em Angústia (The Divided Heart, 1954), que lhe valeu boas críticas.

Michel Ray no cartaz do filme Corações em Angústia 

O menino com um par de belos olhos azuis chamou atenção dos produtores de Hollywood, que procuravam um menino de traços latinos para estrelar Arenas Sangrentas (The Brave One, 1956), e lhe deram o papel principal. 

Leia mais sobre Arenas Sangrentas aqui.


Em seguida o menino atuou ao lado dos astros Henry Fonda e Anthony Perkins em O Homem dos Olhos Frios (The Tin Star, 1957).

Michel Ray e Henry Fonda em O Homem dos Olhos Frios 

Ele ainda atuaria em Na Maré do Destino (Flood Tide, 1957) e estrelaria a ficção científica Mensagem do Planeta Desconhecido (The Space Children, 1958), ao lado do polêmico Ty Hardin e do antigo astro mirim Jackie Coogan.


Após atuar em algumas séries de televisão, ele foi escalado para viver o jovem Farraj no filme Lawrence da Arábia (Lawrence of Arabia, 1962). Que acabou sendo seu último filme.



Peter O'Toole e Michel Ray em Lawrence da Arábia

Mas a produção de Lawrence da Arábia levou quase dois anos, e atrasaram os estudos do então adolescente, que abandonou o cinema para ingressar na Universidade de Harvard.

Porém, Michel Ray não saiu dos holofotes. Ele representou a Inglaterra nos Jogos Olímpicos de inverno nos anos de 1968, 1972 e 1976, porém sem conquistar nenhuma medalha como esquiador. Depois disto, dedicou-se ao mundo dos negócios, ocupando cargos cada vez mais importantes em bancos renomados.


Michal Ray, esquiador olímpico

Michel de Carvalho, como Ray hoje é conhecido, casou-se com sua amiga de infância Charlene, filha de Alfred “Freddie” Heineken, dono da Cervejaria Heineken, que faleceu em 2002, deixando 50,5% do controle da empresa para o casal. Como o principal acionista da cerveja Heineken, Michel de Carvalho conquistou um patrimônio de cerca de 4 bilhões de dólares.

Hoje ele é um dos homens mais ricos do Reino Unido.

Michel Ray, atualmente



Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube

4 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  2. se morasse no brasil o governo tinha comido a fortuna dele,ainda bem que ficou no reino unido.

    ResponderEliminar
  3. Besta todo....e grande patrimônio veio da mulher dele....ai fica fácil..

    ResponderEliminar

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil