Lina Wertmüller, David Lynch, Wes Studi e Geena Davis receberão o Oscar especial


No dia 27 de outubro a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas realizará a cerimônia que entregará o Oscar Especial pelo conjunto da obra a veteranos profissionais do cinema.

A edição do Governors Awards, referente ao ano de 2020, vai homenagear a cineasta italiana Lina Wertmüller, o diretor David Lynch e o ator Wes Studi com um Oscar. Já a atriz Geena Davis vai receber o prêmio Jean Hersholt Humanitarian Award.

Aos 91 anos de idade, Lina Wertmüller vai ser a primeira diretora a receber tal honraria. Ela começou na carreira como assistente de Federico Fellini em  (1963), e precisou dirigir seus primeiros filmes usando nomes masculinos para conseguir que eles fossem produzidos. Ao longo da carreira, fez filmes com temáticas políticas e em 1975 tornou-se a primeira mulher a ser indicada ao Oscar de Melhor Direção, por Pasqualino Sete Belezas (Pasqualino Settebellezze, 1975), que também lhe valeu uma indicação ao Oscar de Melhor Roteiro.

Ao longo da história da Academia, apenas quatro mulheres foram indicadas na categoria de direção, e Kathryn Bigelow foi a única vencedora, por Guerra ao Terror (The Hurt Locker, 2008).


Lina Wertmüller


David Lynch, 73 anos, é um aclamado diretor de obras enigmáticas como Twin Peaks. Ele já foi indicado ao prêmio quatro vezes. As primeiras indicações foram de melhor roteiro e direção de O Homem Elefante (The Elephant Man, 1980). Ele ainda foi indicado como diretor por Veludo Azul (Blue Velvet, 1986) e Cidade dos Sonhos (Mulholland Dr., 2001).


David Lynch

Aos 71 anos, Wes Studi fará história na Academia, tornando-se o primeiro nativo-americano a vencer um Oscar de ator, mesmo que especial. Studi, além de ator, é um grande defensor dos direitos dos povos indígenas. Sem nunca ter recebido uma indicação ao Oscar, ele atuou em filmes como Dança Com Lobos (Dance with Wolves, 1990), O Último dos Moicanos (The Last of the Mohicans, 1992) e Fogo Contra Fogo (Heat, 1995).

Wes Studi

Por fim, a atriz Geena Davis, com 63 anos, vai receber o The Jean Hersholt Humanitarian, que é concedida aos artistas pelo seus esforços humanitários. Geena será homenageada por seu trabalho na Geena Davis Institute on Gender in Media, uma organização que luta contra os preconceitos e esterótipos sexistas na indústria do entretenimento. Vencedora do Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante por O Turista Acidental (The Accidental Tourist, 1988) e foi novamente indicada por seu desempenho em Thelma & Louise (Idem, 1991).


Infelizmente, por questões de audiência, há alguns anos a premiação aos veteranos foi excluída da cerimônia oficial, que ocorrerá em 09 de fevereiro, privando os fãs de ver a homenagem aos artistas.


Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube

0 comentários:

Enviar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil