Morre o cantor Tito Madi, aos 89 anos de idade


Morreu hoje, dia 26 de setembro, o cantor e compositor Tito Madi, um dos maiores interpretes brasileiros de samba canção, e um dos influenciadores da Bossa Nova.

Nascido Chauki Maddi, em Pirajuí, no dia 12 de julho de 1929, Tito iniciou sua carreira no final da década de 40. Em 1949 compôs sua primeira música, "Eu Espero Você". Em 1952 mudou-se para São Paulo, onde ingressou na Rádio Tupi.

Voltou ao Rio de Janeiro em 1954, para trabalhar como cantor na TV Tupi carioca, além de continuar cantando em boates e casas noturnas. Em 1957 compôs "Chove lá Fora", seu maior sucesso, que chegou a ser gravado pela cantora norte-americana Della Reese e pelo conjunto The Platters, em inglês.

No auge dos musicais brasileiros, apareceu em obras cinematográficas como ele mesmo, interpretando algumas de suas canções mais famosas nos filmes Amor Para Três (1958), É a Maior (1958), Matemática Zero, Amor Dez (1960) e Briga, Mulher e Samba (1960).

Relembre Tito Madi no filme Amor Para Três (1958)

Entre seus grandes sucessos musicais estão "Cansei de Ilusões","Sonho e Saudade", "Carinho e Amor", "Fracassos de Amor", "Gauchinha Bem-Querer", "Não Diga Não" e "Balanço Zona Sul".

Tito Madi estava internado no Hospital São Lucas, em Copacabana, onde tratava uma pneumonia. O cantor tinha 89 anos de idade.





Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube

0 comentários:

Enviar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil