A estrela Natalie Wood, tinha medo de água



Natalie Wood foi uma das maiores estrelas de Hollywood. Ela iniciou a carreira como atriz mirim, ingressando no cinema aos quatro anos de idade, e estrelou clássicos como Juventude Transviada (The Rebel Without Cause, 1955), Rastros de Ódio (The Searchers, 1956) e Amor, Sublime Amor (West Side Story, 1961). Sua morte, com apenas 43 anos de idade, chocou Hollywood e os fãs do cinema por todo mundo.


Natalie Wood nasceu Natalia Nikolaevna Zakharenko, em 20 de julho de 1938, em San Francisco, Califórnia. Seus pai eram emigrantes russos, que mal falavam inglês. Sua avó havia sido bailarina, e Natalie começou a dançar antes mesmo de aprender a andar.

Aos quatro anos de idade, ela apareceu em seu primeiro filme, fazendo uma pequena cena. O filme era Filho Querido (Happy Land, 1943), e Natalie interpretava uma menina que derrubava seu sorvete no chão. Em seguida, fez outra figuração em Noite Sem Lua (The Moon is Down, 1943).

Natalie em 1943
Apesar de serem papéis pequenos, foi o suficiente para sua mãe apostar todas as fichas na carreira de atriz da filha. Ela então pegou a família e se mudou para Los Angeles, porém novos filmes só viriam três anos depois, em O Amanhã é Eterno (Tomorrow is Forever, 1946). Natalie havia sido recusada nos testes, mas sua mãe implorou ao diretor Irving Pinchel, o mesmo que dirigida os dos primeiros filmes de sua filha, que deixasse ela fazer o teste outra vez. Desta vez a menina ficou com o papel.

Em 1947 Natalie atuou em De Ilusão Também Se Vive (Miracle on 34th Street, 1947), o primeiro grande papel de sua carreira. A menina chamou a atenção de Hollywood, e o filme tornou-se um clássico natalino.

Edmund Gwen, Natalie e Maureen O'Hara
em De Ilusão Também Se Vive

Em 1947 ela atuou em Driftwood, que marcou a estréia no cinema de sua irmã, a também atriz Lana Wood. Lana tinha apenas um ano de idade quando trabalhou no filme, mas suas cenas foram cortadas na sala de edição. Embora ainda atue, Lana é mais lembrada como uma das bondgirls em 007 Os Diamantes São Eternos (Diamonds Are Forever, 1971).

As irmãs Wood

Natalie então tornou-se uma estrela mirim, e atuou em muitos filmes entre o final da década de 40 e o começo dos anos 50. Em 1949 ela sofreu um acidente durante as filmagens de A Grande Promessa (The Green Promise, 1949), quando ela quase se afogou em uma cena num lago. A menina tinha verdadeiro pavor de água, desde que um cigana alertara a sua mãe para manter a filha longe de "água escura". Neste acidente, Natalie ficou com uma saliência óssea no pulso esquerdo, que ela escondeu por toda a sua carreira com pulseiras largas.

Aos 17 anos, desvinculou-se da imagem infantil ao atuar em Juventude Transviada (The Rebel Without Cause, 1955). Natalie interpretava a rebelde estudante Judy, ao lado do novos astro James Dean e Sal Mineo.

Natalie e James Dean em Juventude Transviada

Por sua atuação, foi indicada ao Oscar, a primeira das três indicações que receberia (embora nunca tenha recebido o prêmio). Em seguida ela atuou ao lado de John Wayne e Jeffrey Hunter em Rastros de Ódio (The Searchers, 1956). Sua irmã, 8 anos mais nova, fazia sua personagem quando criança.

Natalie Wood e Jeffrey Hunter em Rastros de Ódio

Quase recusou o papel em Clamor do Sexo (Splendor in the Grass, 1961), por ter uma cena em um lago, mas o diretor Elia Kazan a convenceu a participar do filme, com a condição de ter uma dublê na cena. Por este papel recebeu sua segunda indicação ao Oscar.

Depois Natalie atuou no grande sucesso Amor, Sublime Amor (West Side Story, 1961), seus colegas de elenco Rita Moreno e George Charkiris receberam um Oscar por seu trabalho, mas ela nem chegou a ser indicada pela sua Maria. Sua terceira e última indicação veio pelo trabalho em O Preço de Um Prazer (Love with the Proper Stranger, 1963).

Richard Beymer e Natalie em Amor, Sublime Amor

Natalie ainda atuou em filmes que foram muito bem recebidos, como Em Busca de Um Sonho (Gypsy, 1962), A Corrida do Século (The Great Race, 1965),  Os Prazeres de Penélope (Penelope, 1966). Mas após atuar em Esta Mulher é Proibida (Tis Property is Condemned, 1966), afastou-se do cinema por três anos, para pensar os rumos de sua carreira.

Em O Preço de Um Sonho

Ela retornaria as telas em Bob, Carol, Ted e Alice (Bob, Carol, Ted & Alice, 1969), mas não voltou a atuar com tanta frequência. Apareceu em filmes como o catastrófico Meteoro (Meteor, 1979), O Último Casal Casado (The Last Married Couple in America, 1980) e Willie e Phill - Uma Cama Para Três (Willie & Phill, 1980), último filme em que atuou lançado enquanto a atriz ainda era viva.

Com Sean Connery em Meteoro

Em 1979 ela também atuou no episódio piloto de Casal 20 (Hart to Hart), estrelada por sua antiga colega de balé Stefanie Powers e seu marido Robert Wagner. Natalie e Wagner haviam sido casados entre 1957 e se separaram em 1962, mas tornaram a se casar em 1972, permanecendo juntos até a morte da atriz.

Robert Wagner e Natalie Wood

Ela estava atuando no filme Projeto Brainstorm (Brainstorm, 1983), ao lado do ator Chistopher Walken. Natalie, Wagner e Walken foram passar o feriado de Ação de Graças na Ilha Santa Catalina. No dia 29 de novembro de 1981 os três jantaram em um restaurante, e depois foram dar um passeio no novo barco adquirido por Wagner.

Wagner e Walken tiveram uma forte discussão, Natalie para não presenciar a briga, pegou um bote inflável para tentar deixar a embarcação. A atriz havia bebido muito, e chovia naquela noite. Natalie não sabia nadar, e foi encontrada morta, por afogamento. Infelizmente, a profecia da cigana dada em sua infância se concretizou.

Projeto Brainstorm foi lançado somente em 1983, dois anos depois da morte da atriz.

Em 2011 o capitão do Iate deu um novo depoimento, falando que a atriz havia tomado sedativos naquela noite. O caso foi reaberto em 2012. Quando seu corpo foi retirado da água, a atriz tinha hematomas no corpo e arranhões no pescoço, o que sugere que ela esteve envolvida em uma briga antes de morrer. A causa de sua morte, declarada afogamento acidental, foi substituída para indeterminada. O caso ainda está aberto, mas o delegado se recusa a dar informações sobre a investigação.

Natalie Wood faleceu com apenas 43 anos de idade.



Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube

0 comentários:

Enviar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil