Galeria - Elizabeth Taylor, aos seis anos de idade, vendendo limonada


Elizabeth Taylor é uma das mais lendárias atrizes da história do cinema. A eterna Cléopatra figura entre as maiores estrelas que já pisaram em Hollywood.

Filha da atriz de teatro Sara Sothern, Taylor estreou no cinema aos 10 anos de idade, atuando no filme There's One Born Every Minute (1942).

Elizabeth Taylor, Sara Sothern e Howard Taylor

Confira algumas fotos de Elizabeth Taylor (e seu irmão mais velho, Howard) antes da fama, vendendo limonada na porta de sua casa, em 1939. Howard, nascido em 1929, também tornou-se ator e chegou a contracenar com a irmã, mas nunca obteve muito sucesso na carreira.




Howard Taylor, que ainda vive, estreou no cinema em um pequeno papel em A Mocidade é Assim Mesmo (National Velvet, 1944), primeiro filme de sucesso da irmã. Na década de 70, ele fundou uma comunidade hippie.

Elizabeth Taylor, Montgomery Clift e Horawd Taylor

Para conhecer mais sobre a estrela dos olhos violetas, leia também:  Curiosidades sobre Elizabeth Taylor.

Veja também: Tributo a Rita Moreno
Veja também: Tributo a Cary Grant


Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube
Siga também nosso Instagram



Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube
Siga também nosso Instagram

3 comentários:

  1. apaixonante ...muito obrigado ...

    ResponderExcluir
  2. Michael Carvalho Silva8 de janeiro de 2022 18:00

    Elizabeth Taylor era escrota como a própria mãe dela perdendo somente em escrotidão e canalhice para outros filhos da puta famosos muitíssimo piores do que ela como Ana Paula Arósio, Taís Araújo, Ivan Maia e aquele masculinista misógino estúpido e nojento lambedor de cus alheios e engolidor de pipocas de merda do tal de Márcio De Andrade daquela bosta de site machista criminoso e reacionário chamado Quebrando Os Mitos. Vão todos tomar no cu, seus filhos da puta sebosos e prepotentes de merda.

    ResponderExcluir

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil