O dia em que Popeye e Olivia Palito se casaram, na vida real


O marinheiro Popeye surgiu nas histórias em quadrinhos em 17 de janeiro de 1929, criado pelo cartunista E. C. Segar (Elzie Crisler Segar). Popeye era publicado nas tiras diárias do jornal Thimble Theatre.

Em 1933 os Estúdios Fleischer adquiriram os direitos, e levaram Popeye e sua turma para os desenhos animados, exibidos nos cinemas. O primeiro dublador do marinheiro foi o ator William Costello, mas em 1935 os irmãos Fleischer demitiram o ator, por mau comportamento. Costello nunca mais trabalhou com entretenimento a partir de então.

Um dia, Jack Mercer, um animador novato do estúdio, cantarolava a música tema do desenho animado, fazendo uma voz engraçada. O diretor Dave Fleischer ouviu e gostou, e convidou o desenhista para substituir Costello. Mercer já tinha feito algumas vozes de apoio no estúdio, mas estreiou como Popeye em King of the Mardi Gras (1935).

Jack Mercer

Mercer emprestaria a voz ao marinheiro em quase 500 desenhos ao longo de sua carreira.

Quando Mercer assumiu o papel, a dubladora da personagem Olivia Palito (Olive Oyl) era a atriz Mae Questel, que também dublava Betty Boop. Antes dela, o papel havia sido feito por Bonnie Poe.

 Jack Mercer (Popeye), Mae Questel (Olivia Palito) e Jackson Beck (Brutos)


Em 1938 Questel deixou Olivia, para dedicar-se exclusivamente a Betty Boop, e a atriz Margie Hines assumiu a voz de Olivia. Tal como Mae Questel, Hines cantava com a voz similiar a da cantora Helen Kane, que inspirou Betty Boop. Ela já havia feito algumas dublagens, e apareceu como ela mesma (em live action) uma única vez em sua carreira, no curta musical Harry Warren: America's Foremost Composer (1933).

Margie Hines cantando em
Harry Warren: America's Foremost Composer
   

De tanto salvar a noiva nos desenhos, Jack Mercer se apaixonou por Margie Hines, e eles se casaram em 1939. Em sua lua de mel, o casal posou para fotografias comendo espinafre durante o café da manhã.
Jack Mercer e Margie Hines

Mas o casamento não durou muito. O casal se separou em 1942, e Margie abandonou a carreira artística em 1944. Seu último trabalho foi dublando Olivia Palito na animação Vamos para o Rio (W'ere on Our Way to Rio, 1944).  O desenho, escrito por Mercer, se passava no Brasil, e Olivia Palito aparecia vestida de Carmen Miranda, cantando Samba Le Le, em português.

Margie Hines cantando em Vamos para o Rio




Margie Haines faleceu em 2011, aos 102 anos de idade.

Mae Questel retornou a dublagem de Olivia, e em 1945 chegou a dublar também Popeye enquanto Jack Mercer estava lutando na Segunda Guerra Mundial.

Jack Mercer, após a guerra, continuou dublando Popeye até 1979. Em 1980 ele dublou os créditos de abertura de Popeye (Idem, 1980), filme dirigido por Robert Altman, com Robin Williams e Shelley Duvall no elenco. Ele faleceu em 1984, aos 74 anos de idade, sem nunca ter atuado em frente as câmeras.

Uma curiosidade, a personagem Olivia Palito surgiu nos quadrinhos antes de Popeye. Ela fazia parte das histórias Family Oil, protagonizadas pelo personagem Castor, irmão de Olivia. Olivia tinha um namorado antes de Popeye, Ham Gravy. Ela e Popeye so começariam a namorar quando ele surgiu, em 1929.


Popeye estreou nos quadrinhos brasileiros em 1932, nas páginas do Diário de Notícias. Originalmente ele era chamado de Brocoió, e Olivia chamou-se aqui Serafina. Os nomes foram alterados com o tempo, nas paginas de revista O Tico-Tico.



No Brasil, Popeye teve vários dubladores: Ary de Toledo, Castro Gonzaga, Domício Costa e Orlando Drummond, nas dublagens clássicas. Já Olivia Palito teve as vozes de: Sonia de Moraes, Terezinha Moreira, Miriam Ficher e Lina Rossana.


Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube

0 comentários:

Enviar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil