Últimas Notícias

6/recent/ticker-posts

Morre o jornalista Tony Góes



Morreu na madrugada do dia 13 de fevereiro o roteirista e jornalista Tony Góes, um dos maiores especialistas em televisão do Brasil. Ele foi vítima de uma falência epática, em consequência de um câncer de intestino, diagnostricado em 2021, e tinha 63 anos de idade.

Além de um dos principais jornalistas no ramo de entretenimento e televisão (que há anos escrevia a coluna “Hoje em Casa”, na Folha de São Paulo), Tony se revezava com sua outra paixão: a televisão - meio que escolheu para trabalhar, independente da sua formação como publicitário.
Foi jurado do Troféu Imprensa e da APCA, roteirista de programas como “Santo de Casa” (Band) e “Vídeo Show” (Globo), como também as séries “Meu Amigo Encosto” (Viva), “Avassaladoras” (filme e série da Record / Fox), “12 Moedas” (HBO), entre outras produções.
Em seus textos mesclava seu olhar clínico sobre o assunto com pitadas de humor, sua principal marca.
Para a história da TV brasileira, além dos textos para o Vídeo Show, deixou como legado também o Almanaque do SBT, escrevendo ao lado de Alan Gomes e Elmo Francfort obra que recuperou a história de uma das mais queridas emissoras do país.
Recentemente, um dos seus roteiros estava em cartaz: a peça “Quem Tem Medo de Olga Del Voga?”, sobre Patricio Biso.
Tony nasceu no Rio de Janeiro, em 1960, e era irmão do diretor Zico Goes.



Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube
Siga também nosso Instagram
Siga também no Kwai

Ajude o site a se manter no ar, contribua com qualquer valor no PIX contatomemoriacine@gmail.com



Postar um comentário

0 Comentários